Brasil perde para o Japão na disputa do terceiro lugar do goalball feminino em Tóquio - Surto Olímpico

Pesquisar:

Arquivo do blog

Últimas Notícias

Brasil perde para o Japão na disputa do terceiro lugar do goalball feminino em Tóquio

Compartilhe

A seleção brasileira feminina de goalball foi derrotada no início da madrugada desta sexta-feira (03) e ficou sem medalha na Paralimpíada de Tóquio. A equipe perdeu para o Japão por 6 a 1, na disputa do bronze do torneio, e repetiu o desempenho da Rio-2016, quando terminou na quarta colocação.

Somando os duelos das fases anteriores, o Brasil teve duas vitórias, quatro derrotas e um empate. A equipe não teve um bom desempenho na primeira fase, iniciando com duas derrotas e um empate - para o próprio Japão - e só conseguiu classificação na última rodada, com vitória por game sobre o Egito.

Nas quartas de final, veio a vitória mais emocionante dos Jogos, contra a favorita China, com um gol de ouro. A seleção embalou e chegou com moral na semifinal contra os Estados Unidos. O Brasil esteve a frente durante a maior parte do jogo, mas sofreu o empate a 15 segundos do fim, indo para o bronze.

Já na briga pelo terceiro lugar, o Brasil não começou bem, ainda baqueado pela dura derrota sofrida menos de 24 horas. O Japão abriu 3 a 0 com menos de três minutos de duelo. O time azul e verde conseguiu alguns ataques agressivos na metade do primeiro tempo, mas foi a seleção nipônica quem fez mais dois gols na metade inicial.

Com 5 a 0 contra, as brasileiras não tiveram forças para reagir e pouco ofereceram perigo às adversárias no segundo tempo. Victoria teve um pênalti a seu favor a seis minutos do fim, mas desperdiçou e o Japão fez o sexto gol logo na sequência. Victoria ainda se redimiu de seu erro no finalzinho, com o gol de honra, fechando o placar em 6 a 1.

Mais uma vez sem ir ao pódio, o Brasil segue com o jejum de nunca ter conquistado medalhas no goalball feminino em Paralimpíadas. Na Rio-2016, a equipe também bateu na trave e terminou na quarta colocação. Os homens, por sua vez, já faturaram uma prata, em Londres-2012, e estão na final em Tóquio-2020, jogando pelo ouro ainda nesta sexta-feira.

Foto de capa: Pedro Ramos/rededoesporte.gov.br

Nenhum comentário:

Postar um comentário