Prata nos 4x100m do atletismo em Tóquio é suspenso por violação de regras antidoping - Surto Olímpico

Pesquisar:

Arquivo do blog

Últimas Notícias

Prata nos 4x100m do atletismo em Tóquio é suspenso por violação de regras antidoping

Compartilhe

Medalha de prata com o revezamento 4x100m do atletismo da Grã-Bretanha em Tóquio, o velocista Chijindu Ujah (GBR) foi provisoriamente suspenso por violação de regras antidoping durante os Jogos Olímpicos de 2020, em Tóquio.

O anuncio foi feito pela Unidade de Integridade do Atletismo (AIU), após os testes realizados feita pela Agência Internacional de Testagem (ITA) durante os Jogos Olímpicos.

Ujah fez parte da equipe britânica que ficou com a segunda colocação no 4x100m. O atleta foi flagrado para a substância Ostarina, a mesma pela qual a jogadora da seleção brasileira de vôlei, Tandara, testou positivo durante a preparação para os Jogos Olímpicos, em junho deste ano. O caso do britânico foi notificado a AIU pelo laboratório de doping localizado em Tóquio.

Assim, a Grã-Bretanha corre risco de perder a medalha conquistada em Tóquio. Se confirmar a perda, a prata iria para o Canadá e o bronze para a China.  A Itália sagrou-se campeã.

Além de Ujah, outros três atletas caíram no antidoping: Sadik Mikhou (BRN), Benik Abramyan (GEO) e Mark Odhiambo (KEN). Os três suspensos por outras causas ou substâncias de doping.

Foto: REUTERS/Molly Darlington

Nenhum comentário:

Postar um comentário