Lauro Chaman e André Luiz Grizante ficam fora do pódio na prova do contra-relógio de 1000 metros - Surto Olímpico

Pesquisar:

Arquivo do blog

Últimas Notícias

Lauro Chaman e André Luiz Grizante ficam fora do pódio na prova do contra-relógio de 1000 metros

Compartilhe

 

Na madrugada desta quinta-feira (26, tarde no Japão), os brasileiros André Luiz Grizante e Lauro Chaman competiram na prova C4-C5 do contrarrelógio de 1000m no ciclismo de pista nos Jogos Paralímpicos de Tóquio 2020


André foi o primeiro ciclista brasileiro a competir nesta prova, que é destinada para atletas com alguma deficiência motora. Ele não teve um bom desempenho, e acabou ficando na 21° colocação. Por outro lado, Lauro teve uma melhor performance e concluiu a distância da prova na 9ª posição.


O vencedor foi o espanhol Alfonso Llamas, seguido do britânico Jody Cundy, com a medalha de prata, e o eslovaco Jozef Metelka, com a medalha de bronze.


Foto de capa:Saulo Cruz/EXEMPLUS/CPB

Nenhum comentário:

Postar um comentário