Duplas brasileiras começam com vitórias no Sul-Americano sub-21 de vôlei de praia - Surto Olímpico

Pesquisar:

Arquivo do blog

Últimas Notícias

Duplas brasileiras começam com vitórias no Sul-Americano sub-21 de vôlei de praia

Compartilhe
Brasileiros no Sul-Americano sub-21 de vôlei de praia

O Brasil começou bem na disputa do Sul-Americano sub-21 de vôlei de praia, em Assunção. Thainara/Anne Karolayne e Gabriel Zuliani/Mateus Dultra ganharam as quatro partidas que disputaram na competição na capital paraguaia, que também serve como classificatório para o Mundial da categoria, programado para o final de setembro em Roi Et, na Tailândia.

Thainara e Anne Karolayne começaram o dia vencendo as equatorianas Karelys/Stephany por 21/19 e 21/13. Na segunda rodada, elas derrotaram Galindo/Isa, da Bolívia, por 21/8 e 21/16. Neste sábado, a dupla feminina enfrenta Viviana/Mori (CHI), às 9h (de Brasília), e Vinatea/Veramendi (PER) às 16h30.

“Acho que o time está se encontrando na competição, porque tivemos só dois dias de treinamento no Rio de Janeiro. Nosso objetivo é sair em primeiro e deixar o Brasil classificado para o Mundial da categoria. É ir crescendo na competição, jogo a jogo, e agora é pensar nos adversários de amanhã”, afirmou o técnico Marcelo Carvalhaes, o Big.

Na competição masculina, Gabriel Zuliani e Mateus Dultra passaram por Maurício/Vasquez (PER), parciais de 21/7 e 21/9, e depois venceram Salvatierra/Diaz (BOL) por 21/17 e 21/13. Os brasileiros voltam à quadra às 11h30 (de Brasília) deste sábado, decidindo o primeiro lugar do Grupo B contra Mateo/Jurado (EQU).

“A gente conseguiu vencer os dois jogos de 2 a 0. A expectativa é amanhã, que já tem um jogo para decidir o primeiro da chave, a competição vai afunilando. Alguns adversários tiveram bons jogos hoje, e acho que amanhã e depois a coisa vai apertar um pouco mais. Os meninos fizeram bons jogos hoje, conseguiram jogar soltos, tranquilos e aí vencemos os dois”, analisou o técnico Caio Lopes.

O Sul-Americano sub-21 conta com times de Paraguai, Chile, Brasil, Bolívia, Equador, Peru e Uruguai. São sete duplas na chave feminina, disputada em turno único com todas as duplas jogando entre si. A competição masculina tem oito duplas divididas em dois grupos com quatro participantes.

Desde 2001 já foram realizadas 17 edições do Campeonato Mundial sub-21 de vôlei de praia e o Brasil tem 16 títulos – sete no masculino e nove no feminino. Nas últimas três edições – 2016, 2017 e 2019 – as duplas brasileiras fizeram a dobradinha no lugar mais alto do pódio.

Nenhum comentário:

Postar um comentário