Argentina e França eliminam favoritos e vão às semifinais do vôlei masculino - Surto Olímpico

Pesquisar:

Arquivo do blog

Últimas Notícias

Argentina e França eliminam favoritos e vão às semifinais do vôlei masculino

Compartilhe

Enquanto Brasil e Comitê Olímpico Russo farão a primeira semifinal do vôlei masculino dos Jogos Olímpicos de Tóquio, o outro duelo terá duas equipes que se superaram nas quartas-de-final. Nesta terça-feira (03), a Argentina passou pela atual vice-campeã olímpica Itália em cinco sets e vai enfrentar a França, que virou sobre a favorita Polônia e ganhou também no tie-break.

Depois de vencerem os Estados Unidos em duelo decisivo na última rodada da fase de grupos, os "hermanos" encararam a Itália, que havia terminado em segundo do Grupo B com apenas uma derrota em cinco jogos. Em um duelo cheio de viradas, os sul-americanos levaram a melhor e venceram por 3 sets a 2, com parciais de 21-25, 25-23, 25-22, 14-25 e 15-12. O resultado levou os argentinos à primeira semifinal olímpica na modalidade desde Sidney-2000, quando eliminaram o Brasil nas quartas-de-final.

O ponteiro Facundo Conte, ex-Sada/Cruzeiro, foi o maior pontuador da Argentina, com 19 acertos. Do lado italiano, o oposto Ivan Zaytsev decepcionou, marcou apenas 8 pontos e foi substituído no terceiro set. Os pontas Osmany Juantorena e Alessandro Michieletto dividiram a responsabilidade e marcaram 22 e 21 pontos, respectivamente. Após o jogo, Juantorena anunciou sua despedida da seleção italiana.

Franceses eliminam favorita Polônia


A seleção da França chegou à Tóquio buscando quebrar a escrita de nunca ter chegado a uma semifinal olímpica no vôlei. Depois de avançar da primeira fase aos trancos e barrancos, o país enfrentou a Polônia, bicampeã mundial e forte candidata ao ouro. Contando com a técnica apurada de seus jogadores, os "Bleus" saíram perdendo, mas viraram sobre os poloneses e venceram por 3 a 2 - parciais de 21-25, 25-22, 21-25, 25-21 e 15-9.


Mesmo em jornada inspirada, com 29 pontos anotados, o ponteiro Wilfredo León não conseguiu dar a vitória à Polônia. No time francês, o oposto Jean Patry conseguiu 21 acertos e foi o grande pontuador da equipe. Porém, o fundamento bloqueio foi o mais decisivo, com 16 pontos franceses contra 6 dos poloneses em toda a partida.

Com os resultados das quartas-de-final, todos os quatro times que haviam se classificado pelo Grupo A, que era considerado o "da morte", avançaram às semis. Os próximos jogos serão disputados na madrugada de quinta-feira (05), em horários ainda a definir. A final está programada para a manhã de sábado (07).

Foto: Reprodução/FIVB

Nenhum comentário:

Postar um comentário