Seleção Brasileira de tênis de mesa encerra ciclo de treinos em três países e já está concentrada na Vila Olímpica - Surto Olímpico

Anúncio

Anúncio
Se inscreva em nosso canal!

Pesquisar:

Últimas Notícias

Seleção Brasileira de tênis de mesa encerra ciclo de treinos em três países e já está concentrada na Vila Olímpica

Compartilhe

Faltam poucos dias para a estreia dos brasileiros na Olimpíada de Tóquio e os atletas da Seleção feminina e masculina de tênis de mesa já estão concentrados na Vila Olímpica. Confiantes e focados, eles chegam também em grande forma após diversos períodos de preparação intensiva no Rio, em São Paulo, na Alemanha e, por último, em Hamamatsu, no Japão.

O período em Hamamatsu foi o último estágio do ciclo de treinamentos. O grupo permaneceu na cidade japonesa durante uma semana e seguiu para Tóquio na tarde desta terça-feira (horário local).

“Foi muito bom estar em Hamamatsu, todos nos receberam muito bem: cidade, hotel, voluntários e Time Brasil. Só tenho a agradecer. Acho que foi um período de adaptação ao país e ao horário, demos continuidade ao trabalho que fizemos em Ochsenhausen. E, claro, com a delegação completa senti muito mais energia. É muito especial estar ao lado desse time”, disse Vitor Ishiy, no trajeto para a Vila Olímpica.

Para viabilizar uma preparação de alto nível do início do período até a viagem para o Japão, a Confederação Brasileira de Tênis de Mesa (CBTM) não poupou investimentos: foram mais de R$ 400 mil com sparrings, treinadores e custos operacionais da delegação.

Os ciclos de treinamentos para os Jogos Olímpicos foram organizados pela comissão técnica da Seleção. Com a pandemia da Covid-19, o calendário internacional de eventos está reduzido, o que tem causado grandes “buracos” entre as competições. Além disso, todos os mesa-tenistas da equipe brasileira encerraram as temporadas em seus clubes entre maio e junho. Por isso, para que não houvesse um longo período sem atividades, foi definido um projeto de preparação dos atletas.

Cada uma das equipes teve atenção especial ao longo dos meses de junho e julho. Os treinamentos da Seleção masculina aconteceram na cidade alemã de Ochsenhausen, enquanto a feminina alternou semanas no Parque Olímpico do Rio de Janeiro e no Centro de Treinamento Paralímpico, em São Paulo.

Dentre essas diversas etapas, além dos atletas, estiveram presentes integrantes da comissão técnica das equipes e sparrings, cruciais para a diversificação das atividades e para as simulações de jogo. O período de treinamentos foi encerrado em Hamamatsu, na costa japonesa, já sob responsabilidade do Comitê Olímpico do Brasil (COB), onde foi realizada a lapidação final e a aclimatação dos mesa-tenistas antes dos Jogos.

Para que tudo acontecesse de forma harmônica e em benefício dos atletas, a CBTM investiu R$ 404.571,71, divididos entre diversos setores. Os custos cobriram os deslocamentos dos atletas e a logística de preparação na Alemanha e no Brasil. Além disso, o valor também foi usado para o pagamento da comissão técnica e de atletas que atuaram como sparrings. Um investimento mais do que necessário, para que as próximas duas semanas sejam inesquecíveis.

Nenhum comentário:

Postar um comentário