Daniel Cargnin despacha líder do ranking mundial e se garante na semi do judô - Surto Olímpico

Pesquisar:

Arquivo do blog

Últimas Notícias

Daniel Cargnin despacha líder do ranking mundial e se garante na semi do judô

Compartilhe

Depois de um primeiro dia em branco, o judô brasileiro pode conquistar sua primeira medalha nos Jogos Olímpicos de Tóquio neste domingo (25). O meio-leve Daniel Cargnin venceu três adversários, incluindo o italiano Manuel Lombardo, líder do ranking mundial, e se garantiu na semifinal de sua categoria. Ele volta a lutar às 05h, na sessão das finais, e está a duas vitórias do ouro.  

Número 13 do mundo, Cargnin não era cabeça de chave e fez sua estreia diante do egípcio Mohamed Abdelmawgoud. Apesar do adversário ser de menor ranqueamento (19º), o brasileiro sofreu para vencer, conseguindo um ippon após um longo golden score. Em seguida, encarou o moldávio Denis Vieru (15º) e venceu por waza-ari.

Já nas quartas de final, Cargnin, que tem 23 anos, cruzou com Lombardo, campeão europeu e número 1 do mundo, e fez um combate de altíssimo nível. Apesar do currículo do adversário, o brasileiro não se intimidou e partiu para cima do italiano desde os primeiros instantes. Depois de muito se defender, o italiano cometeu uma entrada falha já no final e Cargnin contragolpeu, conseguindo um waza-ari.

Agora, Daniel Cargnin, que já foi campeã mundial júnior, vai enfrentar o japonês Abe Hifumi, campeão mundial em 2018 e em 2019, na oitava luta da sessão das finais, que vai começar às 05h deste domingo, no horário de Brasília. A outra semifinal será disputada entre o sul-coreano An Baul e o georgiano Vazha Margvelashvili.

Larissa Pimenta cai nas oitavas para bicampeã mundial 

Outra representante brasileira do dia, Larissa Pimenta venceu uma luta e parou nas oitavas de final diante da japonesa Abe Uta, bicampeã mundial e favorita ao ouro na categoria até 52kg. Pimenta passou pela polonesa Agata Perenc na primeira rodada, vencendo com um waza-ari no golden score após um combate sem grandes emoções.

Larissa Pimenta lutando contra Perenc (POL) - Foto: Gaspar Nóbrega/COB
Após um longo intervalo entre uma luta e outra, Pimenta entrou em cena contra Abe já tomando uma punição. A japonesa, muito intensa, fazia sua estreia e tentou encaixar a entrada. A brasileira conseguiu se segurar por um minuto, até que a adversária conseguiu um waza-ari. Logo em seguida, Abe imobilizou Pimenta e venceu a disputa.

"Na primeira luta estava me sentindo bem, como estou desde que cheguei. Perdendo ou ganhando, quero aproveitar para desfrutar de tudo que conquistei até aqui. Dei o melhor que eu pude e acredito que vou crescer muito com essa experiência. Poder levar uma medalha para o Brasil, seria melhor ainda. Mas estou feliz de poder estar aqui. Não teria outro lugar para eu estar", lamentou Pimenta após a eliminação.

Foto de capa: Gaspar Nóbrega/COB

Nenhum comentário:

Postar um comentário