Coreia do Sul bate Taiwan e fatura ouro por equipes masculinas do tiro com arco - Surto Olímpico

Pesquisar:

Arquivo do blog

Últimas Notícias

Coreia do Sul bate Taiwan e fatura ouro por equipes masculinas do tiro com arco

Compartilhe
Coreia do Sul tiro com arco

A Coreia do Sul conquistou nesta segunda-feira (26) seu terceiro ouro no tiro com arco nos Jogos Olímpicos de Tóquio. Desta vez, o país faturou o torneio de equipes masculinas, com o trio formado por Kim Je Deok, Kim Woojin e Oh Jinhyek batendo o Taiwan na final, por 6 a 0. Esta é o terceiro título da nação asiática em Tóquio, depois da equipe mista e da equipe feminina.


Franca favorita ao ouro, a Coreia do Sul entrou na disputa como a cabeça de chave número 1, após seus arqueiros terem obtido as três das quatro melhores notas da fase de ranqueamento. Assim, a equipe ficou de bye na primeira rodada e só fez sua estreia nas quartas de final, com vitória tranquila sobre a Índia por 6 a 0. 


O perigo para os sul-coreanos veio na semifinal, quando o surpreendente Japão, medalhista de bronze e que já havia deixado a forte equipe dos Estados Unidos, do recordista mundial Brady Ellison, pelo  caminho. Os donos da casa deram muito trabalho e, após empate em 4 a 4, a vitória coreana só foi decidida nas flechas extras.


Na finalíssima, a equipe coreana teve uma atuação impecável e espantou toda e qualquer pressão que pudesse ronda-la. Je Deok, Woojin e Jinhyek anotaram 59 no primeiro set (cinco 10) e tiveram um segundo set perfeito, com seis disparos no 10. Nem mesmo o forte vento que tomou conta do Yumenoshima Field no terceiro set foi capaz de parar o ímpeto coreano, que venceu por 56 a 55.


Este é o sexto título olímpico da Coreia do Sul nas equipes masculinas. O país não conquistou o ouro em apenas três edições: Barcelona-1992, Atlanta-1996 e Londres-2012. Taiwan, por sua vez, repetiu a prata de Atenas-2004, seu segundo pódio na prova. Já o Japão, que derrotou os Países Baixos na disputa pelo bronze, faturou sua primeira medalha no tiro com arco por equipes masculinas.


Foto de capa: Clodagh Kilcoyne/REUTERS

Nenhum comentário:

Postar um comentário