CBV nega deportação da seleção feminina sub-20 de vôlei na Bélgica - Surto Olímpico

Anúncio

Anúncio
Se inscreva em nosso canal!

Pesquisar:

Últimas Notícias

CBV nega deportação da seleção feminina sub-20 de vôlei na Bélgica

Compartilhe


A Confederação Brasileira de Voleibol (CBV) negou nesta segunda-feira (05) que a seleção feminina sub-20 tenha sido deportada da Bélgica depois de descumprir os protocolos contra a Covid-19. Em nota, a entidade afirmou ter apresentado "todos os protocolos de testes da delegação". A seleção está nos Países Baixos para a disputa do Mundial da categoria, que começa no dia 09 deste mês.

No domingo (04), o jornalista Bruno Voloch, do jornal O Tempo, havia afirmado que a seleção brasileira havia sido deportada da Bélgica para os Países Baixos depois de descumprir uma série de protocolos que haviam sido definidos pela Federação Belga. Segundo Voloch, a seleção não tinha permissão para entrar no país, e a delegação brasileira teria recebido uma solicitação para deixar a Bélgica.

No comunicado publicado nesta segunda, a CBV afirmou que, após apresentar todos os protocolos de testes da delegação em Lisboa, Portugal, o Brasil entrou na Bélgica com uma carta-convite da Federação local. Na sexta-feira, já no centro de treinamento de Bruxelas, na Bélgica, a equipe foi submetida a dois testes e todos tiveram resultados negativos, dando início aos treinamentos no mesmo dia.

Entretanto, antes do amistoso com a Bélgica, programado para a tarde de sábado, o Brasil recebeu a visita do Presidente da Federação Belga, informando que o amistoso não seria realizado por conta dos protocolos restritivos do governo. A CBV enfatiza na nota que a federação local "não havia tomado todas as providências burocráticas necessárias junto ao governo local para a realização dos amistosos".

A partir de então, o staff da CBV teria tomado todas as providências para a permanência da seleção na Bélgica por mais um dia - os Países Baixos só permitiriam a entrada das brasileiras nesta quarta-feira. A seleção treinou no domingo pela manhã, em Bruxelas, enquanto providências foram tomadas junto ao cônsul do Brasil, que agilizou a entrada na Holanda antes da data prevista. A Confederação também destaca que Rússia e Argentina passaram por problemas semelhantes.

"A CBV reafirma que tomou todas as medidas necessárias e protocolares preventivas para a viagem e em relação a Covid-19. Todas as atletas integrantes da equipe e os membros da comissão que técnica que estão na Europa testaram negativo para a Covid-19 antes do embarque no Brasil", conclui a nota.

O Mundial Sub-20 começa no próximo dia 09 e vai até dia 18 de julho, com jogos nas cidades de Roterdã (Países Baixos) e Kortrijk (Bélgica). O Brasil está no grupo A, ao lado de Países Baixos, República Dominicana e Ruanda.

Foto: Reprodução/CBV

2 comentários:

  1. Queria saber o que eles estão esperando pra vacinar todas as pessoas que estão na preparação pro mundial sub 18 que acontece em setembro.

    ResponderExcluir