Gabriela Muniz bate o recorde brasileiro dos 10km da marcha atlética no Campeonato Brasileiro de Atletismo Sub-20, - Surto Olímpico

Anúncio

Anúncio
Se inscreva em nosso canal!

Pesquisar:

Últimas Notícias

Gabriela Muniz bate o recorde brasileiro dos 10km da marcha atlética no Campeonato Brasileiro de Atletismo Sub-20,

Compartilhe

 

No primeiro dia do Brasileiro de Atletismo Sub-20, no Centro Nacional de Desenvolvimento do Atletismo, em Bragança Paulista, o grande destaque foi a atleta Gabriela de Souza Muniz, que venceu o 10.000 m da marcha atlética batendo o recorde brasileiro.


A jovem atleta vem de uma sequência de resultados positivos, como o recente título da Copa Pan-Americana Sub-20 e completou as 25 voltas na pista com 47:20:89, superando seu próprio recorde brasileiro de 47:33:5, feito em abril de 2019.


Com essa marca a marchadora ratificou os índices para o Pan-Americano Sub-20, no Chile e para o Mundial Sub-20, no Quênia.


A atleta, que tem como companheiro de treino o medalhista Mundial Caio Bonfim, se mostrou feliz com o resultado. “Senti um pouco o clima seco e não estou acostumada a competir a tarde. Mas fiquei feliz com a marca. Em outras condições, poderia ter alcançado um tempo melhor” e diz que sonha com a vaga olímpica “Não é minha prioridade, mas um desejo forte. Se tiver a oportunidade, vou tentar minha qualificação nos 20 km” disse se referindo à marca exigida de 1:31:00.


A ideia de seu treinadores Gianetti Bonfim e João Sena, é de que atleta dispute o tradicional GP de La Coruna, na Espanha em Junho. “Estamos fazendo de tudo para viabilizar a viagem do Caio e, se for autorizada, a Gabi vai também” revelou Gianetti.


No período da tarde teve outro índice para o Mundial, atingido pelo atleta Igor Clemente Medeiros de Oliveira, que venceu os 100m com o tempo de 10,58s, marca essa que é exatamente o índice exigido pela World Athletics. Completando o pódio ficou Renan Correa Galina com 10.59s e em terceiro ficou Enzo de Castro Barros com 10.62s.


“Não esperava a vitória. A prova estava muito forte e com vários atletas para ganhar” disse Igor que é potiguar e treina em Natal. “Consegui fazer a minha melhor marca pessoal e comemorar o resultado mais importante da minha carreira”, disse o velocista.


Na prova feminina dos 100 m, vitória para velocista para Ana Cecilia Correia de Oliveira, com 12.07. A jovem de 17 anos já havia conquistado a prata em 2020 e tinha sido campeã sub-18. "Estou muito feliz porque queimei uma largada este ano e fiquei um pouco insegura. Na prova tudo deu certo e consegui meu PB" disse a atleta.


Tainara Mess foi vice-campeã com 12.10 e em terceiro ficou Suellen Vitória de Sant'Anna com 12.18.


Quatro provas abrem a competição no período da manhã

Na primeira etapa disputada na manhã de sexta, o destaque foi Nubia de Oliveira Silva que venceu os 3.000 m, com 10:09:07, cravando índice para Campeonato Pan-Americano Sub-20 no Chile, com a líder do Ranking Brasileiro, Gabriela de Freitas Tardivo ficando em segundo com 10:10:71 e Francielly da Silva Marcondes em terceiro com 10:31:43.


Na versão masculina dos 3.000 m, vitória para Vinícius de Carvalho Alves, que venceu com novo recorde de campeonato, com a marca de 8:36:71, com Peterson Santos Ribeiro em segundo lugar, com 8:47:60 e em terceiro Maximino Kunen Junior com 8:51:39.


No lançamento com martelo, o ouro foi para Marcos Roberto de Oliveira Lopes, superando seu PB, marcando 59,43 m.


"Fiquei contente com a vitória, mas continuo focado em garantir a vaga para Pan-Americano Sub-20" , concluiu o atleta referindo-se a marca de 66,38 m. Heber de Lima Santos, foi prata com 57,26 m e bronze foi para Leanderson Ferreira Cardoso com 55,08 m.


No salto em altura, ganhou Eron Maciel de Araújo, que venceu com a marca de 2,00 m. O atleta, que é filho de Eronilde Araujo, tricampeão Pan-Americano dos 400 m com barreiras, sonha em ter uma carreira de sucesso. "Gosto muito do salto em altura e tenho certeza de que posso evoluir. Quero ainda passar esta ano os 2,10m e é para o Pan do Chile" comentou o atleta de 16 anos.


Fechando o top-3, Renan Correa de Lima Gallina marcou 1,95 m e Roger Mateus de Alves ficou em terceiro lugar, com 1,92 m.


A competição prossegue com duas etapas no sábado (23/05) e duas etapas no domingo (24/05).


Foto: Wagner Carmo/CBAt

Nenhum comentário:

Postar um comentário