Fedorovtseva brilha em vitória russa e Turquia sofre na abertura da segunda semana de Liga das Nações de Vôlei feminino - Surto Olímpico

Anúncio

Anúncio
Se inscreva em nosso canal!

Pesquisar:

Últimas Notícias

Fedorovtseva brilha em vitória russa e Turquia sofre na abertura da segunda semana de Liga das Nações de Vôlei feminino

Compartilhe

A Liga das Nações de Vôlei feminino (VNL) teve a abertura da sua segunda semana de competições nesta segunda-feira (31), em Rimini, na Itália. Além da vitória mais cedo da seleção brasileira diante das japonesas, o dia teve como destaque o brilho da jovem Arina Fedorovtseva na vitória da Rússia contra a Itália, além da dificuldade da Turquia, com seu time titular, em vencer a seleção da Bélgica. Veja como foi o dia de competição.


Com a rodada de hoje completa, apenas Estados Unidos e Turquia mantém o 100% de aproveitamento, com quatro vitórias em quatro jogos na VNL. As norte-americanas derrotaram o time sérvio por 3 a 0 (25/20, 25/16 e 25/12), com 17 pontos da oposta Jordan Thompson e são líderes da competição.


Por outro lado, a Turquia - sob comando da jovem Ebrar Karakurt - derrotou o time estreante do Canadá apenas no quinto e último set, em parciais de 25/23, 19/25, 22/25, 25/23 e 15/12. Karakurt marcou 21 pontos, mas a maior pontuadora do confronto foi outra ponteira, a jovem Kiera Van Ryk, do Canadá, que saiu com 27 pontos. A vitória deixa as turcas na segunda colocação da competição, mas atrás dos Estados Unidos pelas duas vitórias por 3 a 2, que deu apenas dois pontos a elas.


A Rússia, que enfrenta o Brasil nesta terça-feira (1) às 16h, contou com a ponteira Arina Fedorovtseva, de apenas 17 anos, para vencer a Itália em apertados 3 sets a 0, com parciais de 26/24, 25/23 e 27/25. A russa entrou no fim do primeiro set porque Voronkova, eleita melhor ponteira do campeonato russo, não estava bem, cedendo espaço para o potencial de Fedorovtseva, que marcou 18 pontos na vitória. A oposta italiana Nwakalor foi a maior pontuadora com 22 acertos.


Fedorovtseva (à esq.) comemora vitória com sua equipe - Foto: Divulgação/FIVB


Surte + Gabi elogia Macris e Garay após confronto do Brasil contra o Japão


Bélgica e China vencem no tie-break

A Bélgica derrotou a República Dominicana por 3 a 2 (31/33, 19/25, 25/20, 25/16 e 15/11) em mais um dia inspirado da ponta Britt Herbots, autora de 33 pontos para o time belga. Do lado dominicano, a oposta Gonzalez fez 28 pontos.


"Estou muito feliz com a partida que jogamos porque não foi fácil. Estávamos perdendo por 2 a 0 e não perdemos o espírito de luta, continuamos pressionando e no final estava 3 a 2 para nós. Sabíamos que a República Dominicana tem atacantes incríveis, por isso estamos super felizes. Nosso espírito de luta era o mais importante, fiquei feliz em ver nossa equipe pulando, todos rostos felizes sorrindo mesmo que não fosse fácil", comentou a ponteira belga após o confronto.


Ainda com um time alternativo, as chinesas também precisaram de cinco sets para derrotar a Alemanha (20/25, 19/25, 27/25, 25/21 e 15/9). Zhang, pela China, e Orthmann, pela Alemanha, marcaram 23 pontos cada. A China é 7ª colocada, com três vitórias e oito pontos na tabela, já as alemãs estão em 9º, com dois triunfos e seis pontos.


Quem também venceu na rodada foram as seleções da Polônia e Países Baixos. As comandadas coreanas de Stefano Lavarini não foram páreas para as polonesas, que contaram com Smarzek - 18 pontos - e Stysiak, com 17, para vencerem por 3 a 0, em sets de 25/15, 25/20 e 25/22. Foi apenas a segunda vitória da Polônia, que agora se encontra na décima posição no campeonato. A Coreia, por outro lado, segue na parte de baixo.


Herbots é a maior atacante e maior pontuadora da VNL até o momento - Foto: FIVB

Já os Países Baixos têm três vitórias e 10 pontos, estão na terceira posição. Nesta segunda elas venceram a lanterna Tailândia em 3 sets a 0 (25/20, 25/9 e 25/18). A ponteira do Praia Clube Anne Buijs foi a maior pontuadora da partida, com 13 pontos marcados na vitória da seleção laranja.


A Liga das Nações segue nesta terça-feira (1) com a segunda rodada da segunda semana da competição feminina. O Brasil joga às 16h (horário de Brasília) contra a Rússia. Às 14h, a seleção da Itália enfrenta o Japão. Ambas as partidas terão transmissão do SporTV.


Foto em destaque: Divulgação/FIVB

Nenhum comentário:

Postar um comentário