Roland Garros aumenta o número de competidoras do quali feminino e decisão pode beneficiar brasileiras - Surto Olímpico

Anúncio

Anúncio
Se inscreva em nosso canal!

Pesquisar:

Últimas Notícias

Roland Garros aumenta o número de competidoras do quali feminino e decisão pode beneficiar brasileiras

Compartilhe


A organização de Roland Garros anunciou nesta terça-feira (13) o aumento de 96 para 128 no número de participantes no quali feminino. O torneio acontece uma semana antes do início da chave principal e distribui 16 vagas para a disputa no saibro mais famoso do mundo. Com isso, Bia Haddad e Gabriela Cé, hoje tops-260 do mundo, passam a ter chances maiores de participar do campeonato.


A tenista que quiser disputar a chave principal precisa vencer os três jogos da fase qualificatória para finamente poder se juntar as outras 127 tenistas em busca do título aos pés da Torre Eiffel. Para disputar a vaga, a atleta precisa estar entre as 300 melhores no ranking da WTA (Associação de Tênis Feminino).


Gabriela Cé e Bia Haddad com o aumento passam a ter chances maiores de poderem participar. Cé, que ano passado foi eliminada de virada pela búlgara Elisa Kostova na primeira rodada do quali, é a 251ª do ranking e já era presença quase confirmada novamente em Paris. Já para Bia, vencedora do W25 de Córdoba e atual número 1 do Brasil, a decisão lhe deu uma chance maior de participar do torneio e sua posição no ranking ainda deve ser atualizada com os pontos conquistados em  Córdoba.


O torneio feminino tem como atual campeã a polonesa Iga Swiatek e a edição 2021 começará no dia 31 de maio com a final prevista para dia 13 de junho. Este é o último Grand Slam antes do fechamento do ranking olímpico de Tóquio-2020.


Surte +: Bia Haddad perde chances e é salva pela chuva que interrompe estreia no W60 de Oeira


Foto: Reproduçao/ Twitter

Nenhum comentário:

Postar um comentário