Lorenzo Mion fica no quase e é melhor floretista brasileiro no Mundial Juvenil de Esgrima - Surto Olímpico

Anúncio

Anúncio
Se inscreva em nosso canal!

Lorenzo Mion fica no quase e é melhor floretista brasileiro no Mundial Juvenil de Esgrima

Compartilhe
Técnico de florete do Brasil no Mundial Juvenil de Esgrima
*
Sete brasileiros disputaram o torneio de florete válido pelo Campeonato Mundial Juvenil e Cadete de Esgrima, no Cairo, Egito, nesta terça-feira (6). Os melhores resultados foram obtidos por Lorenzo Mion e Ricardo Pacheco que caíram na terceira rodada da fase final no masculino e Tania Calazans e Gabriella Vianna que caíram no mata-mata.

Loreno Mion ficou em 26º lugar e Ricardo Pacheco em 29º na classificação geral. Por pouco, Mion não alcançou o melhor resultado brasileiro recente em mundial juvenil, alcançado por Pedro Marostega, 21º melhor em 2016. Com 17 anos completados este ano, Mion ainda é cadete e disputará o mundial desta categoria nesta quarta-feira, mesma situação de Gabriella Vianna, com 16 anos (saiba mais abaixo). 


 
Lorenzo Mion estreou direto na segunda rodada contra o egípcio Abdelrhman Ossama e venceu por 15 a 6 e deu sufoco para o russo Egor Barannikov na segunda rodada, chegando a estar na frente por 8 a 6 e 10 a 9, mas permitiu ao russo virar o jogo indo para o último intervalo atrás 11 a 10 no placar. No retorno, o adversário fez mais quatro toques e fechou o jogo por 15 a 10.

Ricardo Pacheco caiu para o sul-coreano Lee Suwhan por 15 a 6 na terceira rodada depois de ter superado o neerlandês Quincy Dualeh por 15 a 9 no início do mata-mata e o chileno Leopoldo Alarcon por 15 a 14, em sequência.

Paulo Morais caiu logo na estreia da fase final, ao perder para o eslovaco Zoltan Sarmany por 15 a 9 e terminou em 65º lugar. Guilherme Murray não passou de fase e terminou em 100º lugar.

Na disputa final do torneio feminino, Tania Calazans estreou direto na segunda fase, caindo para a letã Juta Malniece, por 15 a 12. Mesmo destino de Gabriella Vianna, que perdeu para a ucraniana Kateryna Budenko por 15 a 1. Calazans encerrou sua participação no individual juvenil em 45º lugar enquanto Vianna foi a 53ª melhor. Laura Papaiano e Valentina Baldi ficaram ainda nas poules, terminando em 79º e 87º respectivamente.



Pela fase inicial de grupos, Lorenzo Mion venceu Mohammad Alsayegh, dos Emirados Árabes Unidos, Jakub Dolzycki, da Polônia, e Denny Singh Konsam, da Índia, e José Pedro Guimarães, perdendo apenas para o neerlandês Suhayl Nawar e para o francês Constant Roger.

Paulo Morais venceu Ahmed Hendawy, do Egito, Qusai Habboub, da Jordânia, Baha Baykal Cetinel da Turquia, Mukhammad Yusuf Asranov, do Uzbequistão, caindo para Oleg Kokorovets, da Ucrânia e Mohamed Rayane Fenniche, da Tunísia.






Guilherme Murray foi o único brasileiro que ficou na fase de poules, ao vencer apenas o libanês Moustapha El Hajj. Com derrotas para o uzbeque Ilyas Molida, o jordâniano Suhaib Derawi, o chileno Leopoldo Alarcon, o neerlandês Axel Zoons e o egípcio Youssef Fouda, terminou em 100º lugar.

Melhor brasileira na classificação feminina, Tania Calazans venceu pela fase de grupos a eslovena Eli Mlekuz, a romena Emilia Corbu e Fatima Alkaabi, dos Emirados Árabes Unidos, caindo apenas para a letã Juta Malniece e para a francesa Josephine Fourniguet.

Em sua poule, Gabriela Vianna superou a georgiana Natalia Kharaishvili, a mexicana Sara Camacho e a Hania Emam, do Egito, mas caiu para a a polonesa Magdalena Lawska, a espanhola Sofia Gaydos e a tcheca Isabela Sedlakova.

Florete feminino brasileiro Brasil mundial juvenil cadete cairo



Laura Papaiano não passou pela fase de poules e terminou em 79º lugar, ao vencer a colombiana Maria Jose Figueredo Sierra e perder outros 5 confrontos para: Katina Proestakis, do Chile, Dorja Blazic, da Croácia, Marta Caride, de Portugal, Aida Aloyan de Armênia, Ecaterina Gorobet, de Moldávia.

Ainda pela fase de grupos na disputa feminina, Valentina Baldi perdeu nos seis confrontos, sendo a 87ª colocada do torneio.Seus embates foram com: Aisha Abdelhamid, do Egito, Sonia Keboudj, da Argélia, Roaa Majali, da Jordânia, Varvara Shafarostava, de Belarus, Daria Malysheva da Rússia e Lauren Scruggs, dos EUA, esta última classificada para as quartas.

Na quarta-feira (7), acontece o torneio cadete com a participação dos brasileiros Andre Mura, Lorenzo Mion e Rafael Tomino pelo masculino e Gabriella Vianna e Stella Frias pela disputa feminina a partir das 3h30 da manhã.


Surte +: Gosta de nosso trabalho? Participe da campanha em prol do jornalismo esportivo independente e Ajude o Surto Olímpico a carimbar sua vaga e estar em Tóquio!

*Com pesquisa de Wesley Felix

Foto: Divulgação / Federação Internacional de Esgrima (FIE)

Nenhum comentário:

Postar um comentário