Laís Nunes vence duas adversárias de peso e é campeã na Bulgária - Surto Olímpico

Anúncio

Anúncio
Se inscreva em nosso canal!

Pesquisar:

Últimas Notícias

Laís Nunes vence duas adversárias de peso e é campeã na Bulgária

Compartilhe


A wrestler Laís Nunes conquistou a medalha de ouro no Torneio Internacional Dan Kolov - Nikola Petrov, disputado em Plovdiv, na Bulgária. Competindo na categoria até 62kg, a brasileira derrotou mais duas adversárias neste sábado (10), incluindo a sueca Henna Johansson, que foi medalhista de bronze no último Mundial de Wrestling, e terminou o campeonato com quatro vitórias em quatro lutas. Também em solo búlgaro, Kamila Barbosa (50kg) e Giullia Penalber (57kg) ficaram com a prata. 


Como a categoria de Laís foi composta por apenas cinco atletas, elas foram dispostas em um grupo único. Pelo regulamento, todas se enfrentam e, ao final das cinco rodadas, sagra-se campeã quem tiver mais vitórias. A brasileira chegou às lutas finais deste sábado numa posição muito confortável, já que havia vencido seus dois duelos iniciais no dia anterior, sobre a letã Alina Antipova (10 a 0) e a venezuelana Nathaly Herrera (6 a 5), e dependia só de si para ficar com o título.


Sua primeira adversária do dia foi a colombiana Jackeline Rentería, dona de duas medalhas olímpicas. A brasileira passou com tranquilidade, por 9 a 0. Mais tarde, no duelo que sacramentou o título, ela encontrou forte resistência com a sueca Henna Johansson, que foi bronze no Mundial de 2019, esteve atrás na maior parte do combate, mas conseguiu uma virada a trinta segundos do fim e venceu por 4 a 3.


A competição serviu de preparação para os Jogos Olímpicos de Tóquio, competição para a qual Laís já está garantida, assim como Johansson. As outras três adversárias da categoria, por outro lado, não têm vaga e se preparam para o Pré-Olímpico Mundial. Outras duas brasileiras, também sem vaga, estiveram presentes no torneio búlgaro, em disputas ainda mais esvaziadas que a de Laís.


Kamila Barbosa e Giullia Penalber ficaram com a prata em suas respectivas categorias. Na até 50kg, Kamila tinha apenas duas adversárias e deixou a competição com uma vitória e uma derrota. Ela venceu a letã Jekatarina Jermalokoka, conseguindo um encostamento (5 a 0) com menos de um minuto, e perdeu para a equatoriana Lucia Yepez, também por encostamento com dois minutos.


Já Giullia, que é líder do ranking mundial da categoria até 57kg, lutou apenas três vezes. Ela iniciou sua trajetória perdendo para a búlgara Bilyana Dudova, por 5 a 0, mas venceu as húngaras Ramona Galambos, por 5 a 2, e Erika Bognar, por 7 a 0 (encostamento), na sequência, e acabou na segunda colocação. Dudova, dona de três títulos europeus entre 2017 e 2019, ficou com o ouro.


Foto de capa: Washington Alves/COB



Nenhum comentário:

Postar um comentário