Kosovo conquista segundo ouro no Europeu de Judô e lidera quadro de medalhas - Surto Olímpico

Anúncio

Anúncio
Se inscreva em nosso canal!

Pesquisar:

Últimas Notícias

Kosovo conquista segundo ouro no Europeu de Judô e lidera quadro de medalhas

Compartilhe


Kosovo conquistou seu segundo ouro no Campeonato Europeu de Judô, disputado em Lisboa, Portugal, e assumiu a liderança do quadro de medalhas. Depois de Distria Krasniqi no primeiro dia, o país foi ao lugar mais alto do pódio com Akil Gjakova no peso leve masculino neste sábado (17). Nas outras três categorias disputadas no dia, EslovêniaPaíses Baixos e Turquia conquistaram seus primeiros títulos na competição.


Akil Gjakova conquistou a medalha de ouro na categoria até 73kg ao bater o israelense Tohar Butbul na decisão, depois de ter vencido quatro lutas nas preliminares. O kosovar deve ganhar uma posição no ranking mundial, chegando à sétima colocação e ficando cada vez mais como um dos cabeças de chave do torneio olímpico de Tóquio-2020. O russo Musa Mogushkov e o suíço Nils Stump foram bronze.


Destaque do primeiro dia, a França conquistou apenas uma medalha de prata neste sábado, com Margaux Pinot na categoria até 70kg feminina. O ouro ficou com a neerlandesa Sanne Van Dijke, que conseguiu uma revanche sobre Pinot, já que a francesa havia a derrotado na final da última edição. Líder do ranking mundial, a também francesa Marie Eve Gahie foi eliminada em sua estreia. A portuguesa Bárbara Timo e a russa Madina Taimazova foram bronze. 


Numa dobradinha, a Eslovênia foi ouro e bronze na outra categoria feminina do dia, a até 63kg. Número 2 do mundo, Tina Trstenjak conquistou a medalha dourada após derrotar a russa Daria Davydova na decisão. Já Andreja Leski acabou na terceira colocação, assim como a neerlandesa Sanne Vermeer. A francesa Clarisse Agbegnenou, melhor do mundo na categoria, não competiu.


Por fim, entre os meio-médios masculinos (até 81kg), vitória do turco Vedat Albayrak, que passou por cinco adversários, incluindo o belga Matthias Casse, número 1 do mundo, na final. O israelense Sagi Muki, atual campeão mundial, ficou com o bronze, mas agora ficará a apenas 40 pontos da liderança do ranking mundial. O italiano Christian Parlati completou o pódio.


Os adversários diretos dos brasileiros Eduardo Barbosa e Eduardo Yudy nas respectivas categorias até 73kg e até 81kg não tiveram grandes desempenhos. Assim, Barbosa deve seguir na 33ª colocação do ranking mundial, conseguindo a vaga olímpica por meio do critério continental, estando a 700 da zona direta. Yudy é o 23º, sendo o penúltimo atleta classificado na categoria.



O Campeonato Europeu segue neste domingo (18), com o último dia de disputas individuais, nas categorias 90kg, 100kg e +100kg masculinas e 78kg e +78kg femininas. Passados os dois primeiros dias, o Kosovo tem dois ouros, enquanto Eslovênia, Espanha, França, Itália, Países Baixos, Portugal e Turquia têm um título cada. A Rússia tem cinco medalhas: uma prata e quatro bronzes.


Surte +: Brasil conquista cinco ouros e sete medalhas no Open Pan-Americano de Guadalajara


Foto de capa: Gabi Juan/EJU

Nenhum comentário:

Postar um comentário