Jaqueline Ferreira é sétima colocada em Pan-Americano de levantamento de pesos - Surto Olímpico

Anúncio

Anúncio
Se inscreva em nosso canal!

Pesquisar:

Últimas Notícias

Jaqueline Ferreira é sétima colocada em Pan-Americano de levantamento de pesos

Compartilhe
Jaqueline Ferreira em prova da 78kg no Pan-Americano

A halterofilista Jaqueline Ferreira ficou em sétimo lugar na disputa até 87kg no Campeonato Pan-Americano de Levantamento de Pesos, realizado em Santo Domingo, na República Dominicana. A brasileira somou 228kg no total, sendo 103kg no arranco e 125kg no arremesso.


A categoria da Jaqueline é muito forte, compondo boa parte das melhores atletas do mundo nas Américas. A própria brasileira foi sexta colocada no Campeonato Mundial em 2019. Além dela, Tamara Salazar, do Equador, Maria Valdez, do Chile, e Naryury Pérez, da Venezuela, ficaram em terceiro, quarto e na quinta colocação no último mundial.


No entanto, o título da competição ficou com outra forte atleta da categoria, a dominicana Crismery Santana, que somou 257kg, ficando a apenas dois quilos do recorde das Américas e apenas um a frente de Tamara Salazar (ECU), que fechou com 256kg no total e levou a prata, enquanto o bronze foi para Dayana Chirino, da Venezuela, que viu a compatriota Naryury quase desmaiar na competição e ficar sem marca válida.


Surte + Marco Gregório fica em 4º lugar no Pan-Americano de Levantamento de Pesos


A prova do arranco

Após mais um sem disputar um campeonato, Jaqueline foi cautelosa e iniciou a competição levantando 95kg com um pouco de dificuldade. Na sequência, a brasileira engrenou e levantou 100kg e 103kg sem problemas, fechando sua participação no arranco com a sétima colocação.


O ouro no arranco ficou com Crismery Santana ao levantar 115kg. A dominicana ainda tentou levar 118kg em seu último levantamento, uma tentativa de bater o próprio recorde pan-americano feito por ela nos Jogos Pan-Americanos de Lima, em 2019, mas falhou. 


Bronze no Mundial de 2019, a equatoriana Salazar levantou 110kg e ficou com a prata. Fechando o arranco, o bronze foi para a Venezuela, também com 110kg levantados por Pérez. 


A prova do arremesso

Jaqueline voltou para o arremesso iniciando a prova com 116kg, passando para 121kg e fechando com 152kg, também ficando em sétimo. A equatoriana Salazar ficou com o ouro, ao fechar com 146kg, um quilo a menos do que o recorde pan-americano. Ela ainda tentou bater a marca, mas não conseguiu. 


A prata ficou com a atleta da casa, que tinha conquistado o ouro no arranco. Crismery levantou 144kg para terminar em segundo, enquanto a Dayana Chirino ficou com o bronze ao levantar 137kg. Medalhista de bronze no arranco, a venezuelana Naryury Perez teve um quase desmaio na primeira tentativa para 135kg e não voltou para a competição, ficando sem marca.


Recorde pan-americano na categoria 81kg

Mais cedo, na prova até 81kg feminino, tivemos um novo recorde pan-americano no geral. Martha Ann Rogers levantou 251kg e ficou com a medalha de ouro e o novo recorde. A atleta dos Estados Unidos teve a companhia de Leydi Solis, que levantou 247kg para a Colômbia, e da sua compatriota Jessi Bradley Stemo (242kg).


Na 102kg masculino, ouro para a Colômbia com Lesman Paredes, que levantou 390kg no total. A prata e o bronze foi para Cuba e Estados Unidos, com Juan Zaldivar (357kg) e Jason Bonnick (347kg).


A competição segue para o último dia neste sábado (24), quando o tricampeão pan-americano Fernando Reis vem para seguir com a hegemonia na categoria até 109kg. O homem mais forte das Américas entraa em ação a partir das 11h, horário de Brasília. O Canal Olímpico do Brasil transmite a competição.


Foto em destaque: Reprodução/Canal Olímpico do Brasil

Nenhum comentário:

Postar um comentário