Com 10 duplas do Brasil, Circuito Mundial de vôlei de praia retorna com torneios dentro de hotel luxuoso em Cancún - Surto Olímpico

Anúncio

Anúncio
Se inscreva em nosso canal!

Pesquisar:

Últimas Notícias

Com 10 duplas do Brasil, Circuito Mundial de vôlei de praia retorna com torneios dentro de hotel luxuoso em Cancún

Compartilhe
Uma das arenas montadas dentro do Gran Oasis Hotel, em Cancún


A belíssima cidade de Cancún, no México, vai receber as três próximas etapas do Circuito Mundial de vôlei de praia. Após a prata de Evandro/Guto e o bronze de Ágatha/Duda na primeira etapa em Doha, no Catar, o Brasil vem com 10 duplas inscritas para os torneios no paraíso caribenho.


O Cancun Hub, como está sendo chamada o conjunto de três competições em sequência, terá sua primeira etapa de 16 a 20 de abril, com todas as partidas sendo disputadas em uma estrutura montada em forma de bolha dentro do hotel 5 estrelas Grand Oasis Cancún.



Todas as três etapas contarão pontos para o ranking olímpico e, por isso, contará com a presença das principais duplas do mundo. O Brasil terá Bárbara Seixas/Carol Solberg e Tainá/Victória estreando já nesta quinta-feira (15) no country cota feminino, enquanto Guto/Arthur e Pedro Solberg/Arthur Lanci, participarão da mesma fase inicial no masculino.


Só quatro duplas brasileiras por naipe podem participar da fase principal que inicia a partir da próxima sexta-feira (16). Nela, seis parcerias do Brasil já estão asseguradas: as olímpicas Ágatha/Duda e Ana Patrícia/Rebecca, além de Taina/Talita - que só jogarão juntas nessas três etapas -, no feminino; os classificados olímpicos Evandro/Bruno Schmidt e Álvaro/Alison, e Andre/George, no masculino.


"Vivemos dias complicados antes da viagem, com uma adaptação do nosso trabalho às normas de distanciamento em nossa cidade, Fortaleza (CE), mas acho que chegamos preparadas para uma boa primeira etapa, em Cancún. Será uma experiência diferente para todo mundo. Uma bolha, um país diferente, três etapas seguidas no mesmo local em três semanas seguidas. Vai ser muito interessante essa imersão com as melhores atletas de vôlei de praia do mundo todas juntas. Espero que a gente saia de lá com bons resultados e mais bem preparadas para o grande objetivo que é Tóquio", comentou a mineira Ana Patrícia.


Ana Patrícia e Rebecca, dupla número 4 do mundo - Foto: Divulgação/FIVB

O paraibano Álvaro Filho também deixou seu recado sobre a reta final de preparação antes das Olimpíadas.


"Estamos entrando numa fase importante da nossa preparação, faltando pouco mais de três meses para o início das Olimpíadas. Teremos três etapas seguidas no México, uma sequência forte de torneios, de alto nível, com a presença de todas as principais duplas, e isso vai ser bom para ajustarmos o nosso jogo, para o crescimento da nossa dupla", disse Álvaro.


Surte + Taubaté derrota Minas no tie-break e abre vantagem na final da Superliga


Hub com a nata do vôlei de praia

Dando 800 pontos em cada evento e com cerca de R$ 1,5 milhões de premiação juntando as três competições, a hub mexicana terá mais de 120 equipes em disputa. Praticamente todas as melhores duplas do mundo estarão em ação no paraíso mexicano.


No masculino, dos 20 primeiros do ranking mundial, apenas os espanhóis Herrera/Gavira e os letões Plavins/Tocs não estarão presente. Além disso, Julius Thole, da Alemanha, estará desfalcado do seu parceiro Wickler nessas três etapas. Da mesma forma o polonês Bryl não terá a companhia da sua dupla Fijalek, atuando ao lado de Rudol nessas três pernas do circuito mundial. Já no feminino, apenas as suíças Heidrich e Vergé-Dépré, número 8 do mundo, estarão ausentes.



Foto em destaque: Divulgação/FIVB

Nenhum comentário:

Postar um comentário