Taubaté vence Minas e abre 1 a 0 na série final da Superliga - Surto Olímpico

Anúncio

Anúncio
Se inscreva em nosso canal!

Taubaté vence Minas e abre 1 a 0 na série final da Superliga

Compartilhe


O EMS Taubaté Funvic deu a primeira cartada na série final da Superliga masculina, vencendo o Fiat/Minas por 3 sets a 2. Em jogo equilibrado, a equipe paulista ganhou o primeiro set com tranquilidade, sofrendo a virada logo em seguida e lutando para levar o jogo para o tie-break. No set decisivo, as estrelas e a experiência do time paulista falaram mais alto e o Taubaté levou a vitória em Saquarema. As parciais do jogo foram 25-18; 22-25; 23-25; 25-16 e 15-11.

O grande destaque da vitória do Taubaté ficou por conta do oposto Felipe Roque, que marcou 23 pontos. O ponteiro Douglas Souza levou o troféu Viva Vôlei, mas cedeu para o colega, reconhecendo o belo trabalho na partida. Maurício Souza pontuou cinco vezes no bloqueio. Do lado do Minas, Honorato e Escobar foram os maiores pontuadores, com 16 acertos.

Em jogo equilibrado na maior parte do tempo, o Taubaté cresceu em volume de jogo no final da partida, fechando a porta para a reação do Minas, que vem para o tudo ou nada na próxima partida. O segundo jogo da final está marcado para a próxima sexta-feira, dia 16, às 19h.

Equipes iniciais

EMS Taubaté FUNVIC: Bruninho; Felipe Roque; Lucão e Maurício Souza; Maurício Borges e Douglas Souza; Thales (Líbero). Técnico: Javier Weber.

Minas Tênis Clube: Nicolas Lazo, Henrique Honorato, Matheus "Pinta" Santos, Gustavão, William Arjona, Yadrian Escobar e Maique (L). Técnico: Nery Tambeiro

O jogo

O Taubaté começou abrindo cinco pontos de vantagem logo de cara, após boa atuação no bloqueio e alguns erros do adversário. Mas não demorou muito para o Minas encostar no placar, chegando a ficar apenas a um ponto da equipe paulista. Principal atacante do Minas, o cubano Escobar esteve muito bem marcado pelo alto bloqueio do Taubaté, que no meio do set já tinha marcado quatro pontos de bloqueio. Os bloqueadores do Taubaté tiveram bastante destaque no primeiro set, fechando completamente a porta para os atacantes do Minas. Rapidamente, a equipe paulista abriu seis pontos de vantagem, encaminhando a vitória no primeiro set. Com parciais de 25-18, Taubaté fechou o primeiro set com tranquilidade.

No segundo set, o Minas começou um pouco mais corajoso, enfrentando a boa marcação do bloqueio e conseguindo colocar a bola no chão, mas alguns erros bobos em lances simples permitiram que o Taubaté continuasse colado no placar. O jogo seguiu equilibrado, com as duas equipes trocando a liderança com o placar quase sempre empatado. Até meados do segundo set, a maior vantagem foi a do Minas, que conseguiu abrir 15 a 13. Dois pontinhos separavam as duas equipes que fizeram um set bastante equilibrado. Após boa sequência do Minas, Lucão errou um saque no set point e a equipe mineira fechou a segunda parcial por 25 a 22.

Quem começou ditando o ritmo do terceiro set foi a equipe de Belo Horizonte, abrindo 5-3 e forçando Taubaté a gastar o primeiro pedido de tempo logo no início da parcial. Logo em sequência, a equipe de São Paulo recuperou e encostou no placar, passando na frente. Como prova do equilíbrio da partida, o FIAT/Minas teve uma boa sequência de bloqueios com Gustavão e voltou a passar a frente. Em melhor momento no set, o Minas abriu quatro pontos, embalado com uma excelente atuação de Honorato. Do lado do Taubaté, Maurício Borges, que não vinha fazendo uma boa partida (com 7 erros no total), foi substituído por João Rafael. Grande destaque para atuação defensiva do líbero Maique, que colocou o Minas em excelente posição na reta final do terceiro set. Com um belo ataque do argentino Lazo, o Minas virou o jogo encerrando a terceira parcial por 25-23.

Ao final da terceira parcial, destaque para Felipe Roque, maior pontuador da partida até então, com 16 pontos.

Indo para o “tudo ou nada”, o Taubaté começou o jogo um pouco mais acelerado, abrindo ampla vantagem rapidamente. Em poucos minutos de jogo, o placar já mostrava 10 a 6 para a equipe paulista. Felipe Roque foi o grande nome do quarto set, sendo o maior pontuador do Taubaté e também da partida. Com ajuda de muitos erros da equipe mineira, Taubaté encaminhou a vitória sem muitas surpresas, levando o jogo para o tie-break. Um belo ace de Maurício Souza fechou a quarta parcial por 25-16.

O Tie-break começou da forma que o quarto set terminou, com ataque potente de Roque marcando presença. Nenhum time, porém, deixou o outro descolar no placar no início da parcial. O primeiro terço do quinto set trouxe placar equilibrado, empatado em 5 a 5. Com bons ataques de Douglas Souza, o Taubaté abriu 3 pontos em momento decisivo, e após grande atuação de seus atacantes, fechou o último set por 15-11.

Foto: William Lucas/Inovafoto/CBV

Nenhum comentário:

Postar um comentário