CAS marca nova audiência do caso de Sun Yang - Surto Olímpico

Anúncio

Anúncio
Se inscreva em nosso canal!

CAS marca nova audiência do caso de Sun Yang

Compartilhe

O Tribunal Arbitral do Esporte (CAS) divulgou que a segunda audiência do caso do nadador chinês Sun Yang será realizada na semana de 24 a 28 de maio de 2021, via videoconferência. Sun havia sido banido da natação por oito anos por violar o código antidoping, mas conseguiu reverter a punição após um recurso no Tribunal Federal da Suíça.

O CAS formou um novo painel para a avaliação do caso. A defesa de Sun conseguiu provar no tribunal suíço que o presidente do painel da primeira audiência, o italiano Franco Frattini, já havia feito comentários racistas sobre chineses nas redes sociais.

Sun Yang é julgado por ter destruído uma amostra colhida em um exame antidoping fora de competição realizado em setembro de 2018. O nadador alega que os coletores do exame não estavam credenciados. Inicialmente a Federação Internacional de Natação (FINA) havia dado apenas uma advertência ao chinês, mas a Agência Mundial Antidoping (WADA) recorreu ao CAS pedindo a pena máxima de oito anos, por ela já ter cumprido uma suspensão de três meses em 2014, por tomar um remédio sem prescrição.

Se o novo painel decidir manter a punição de 8 anos, a China perderia sua maior estrela da natação na Olimpíada de Tóquio 2020. Sun Yang tem seis medalhas olímpicas, sendo três ouros, duas pratas e um bronze.

Foto: Ed Jones/AFP

Nenhum comentário:

Postar um comentário