Tribunal Federal Suíço revoga suspensão de oito anos de Sun Yang - Surto Olímpico

Anúncio

Anúncio
Se inscreva em nosso canal!

Tribunal Federal Suíço revoga suspensão de oito anos de Sun Yang

Compartilhe

O tricampeão olímpico Sun Yang poderá voltar às piscinas. Pelo menos até quando o seu caso for novamente julgado pelo Tribunal Arbitral do Esporte (CAS). Isso porque o Tribunal Federal Suíço decidiu anular a suspensão de oito anos do nadador, com base em provas apresentadas pelos advogados do atleta chinês, que alegaram um suposto caso de discriminação étnica. 

O Tribunal Suíço manteve o apelo de Sun, questionando a neutralidade do presidente do painel do CAS que julgou o caso, o italiano Franco Frattini. Os advogados do atleta recolheram evidências de que Frattini teria feito afirmações de cunho racista nas redes sociais, em comentários sobre o comércio de carne de cachorro na China, semanas depois do julgamento de Sun. 

Isso representa uma rara divergência entre CAS e Tribunal Federal Suíço, que não costuma alterar com frequência as decisões da corte esportiva. Agora o caso deverá ser ouvido pelo CAS novamente, desta vem num painel reformulado, mas ainda sem data definida. 

A Agência Mundial Antidoping (WADA) emitiu um comunicado explicando a interpretação da decisão do Tribunal Federal Suíço, que interferiu na decisão com base em possíveis violações processuais ou de direitos humanos. 

A entidade disse ainda que "tomará medidas para apresentar seu caso de forma robusta novamente quando o assunto retornar ao CAS".

Vale lembrar que, em fevereiro deste ano, Sun foi banido por oito anos porque um membro de sua comitiva quebrou um frasco de sangue com um martelo durante uma tentativa de teste de drogas em setembro de 2018.

Foto: Reprodução

Nenhum comentário:

Postar um comentário