Cancún recebe última de três etapas do Circuito Mundial de vôlei de praia; Evandro/Bruno Schmidt não participam - Surto Olímpico

Anúncio

Anúncio
Se inscreva em nosso canal!

Pesquisar:

Últimas Notícias

Cancún recebe última de três etapas do Circuito Mundial de vôlei de praia; Evandro/Bruno Schmidt não participam

Compartilhe

A cidade mexicana de Cancún recebe a partir desta quarta-feira (28) a última de três etapas consecutivas do Circuito Mundial de Vôlei de Praia. O Brasil terá oito duplas competindo no torneio, quatro de cada naipe.

No feminino, as campeãs das duas últimas etapas, Talita/Taiana e Ágatha/Duda, estão confirmadas na fase de grupos, assim como Ana Patrícia/Rebecca. Completa a delegação brasileira a dupla Bárbara Seixas/Carol Solberg, que venceu nesta terça-feira Tainá/Victória (2 sets a 0; 21-13 e 21-19) na disputa do country quota e se garantiu no quali.

Já entre os homens, Alison/Álvaro Filho e André/George entrarão direto na fase de grupos. Já Pedro Solberg/Arthur Lanci e Guto/Arthur Mariano participarão do quali em busca de uma vaga na chave principal do torneio.

Uma ausência sentida é a da equipe formada por Evandro e Bruno Schmidt. A dupla, que representará o Brasil nos Jogos Olímpicos de Tóquio, participou das duas primeiras etapas em Cancún, mas não consta mais na lista de inscritos para a terceira etapa. 

O motivo da saída da dupla é a recuperação de Bruno Schmidt, que voltou a competir no México depois de passar cinco dias internado na UTI por conta da Covid-19. Segundo o portal GE, a comissão técnica e o atleta decidiram que nesse momento seria melhor Bruno deixar a bolha sanitária da FIVB e retornar ao Brasil. 

Evandro, parceiro de Bruno, segue no México, mas não disputará a etapa que começa já nesta quinta-feira. Nas competições anteriores, a parceria não teve um bom desempenho e chegou a ser eliminada ainda na fase de grupos no segundo torneio.




Na primeira das três etapas no Cancun Hub, as brasileiras Talita e Taiana foram campeãs depois de vencerem as campeãs mundiais Pavan/Humana-Paredes, do Canadá, na grande final. Ágatha e Duda foram bronze, enquanto Guto/Arthur foi a melhor parceria masculina, chegando às quartas-de-final.

Já no segundo campeonato, Ágatha e Duda melhoram sua posição e terminaram com o título, vencendo as russas Makroguzova/Kholomina na final. No masculino, Alison e Álvaro Filho ficaram com o bronze.

Foto: Divulgação/FIVB

Nenhum comentário:

Postar um comentário