Tiro com arco: Ane Marcelle avança em primeiro no Pré-Olímpico das Américas e está com um pezinho na vaga olímpica - Surto Olímpico

Anúncio

Anúncio
Se inscreva em nosso canal!

Tiro com arco: Ane Marcelle avança em primeiro no Pré-Olímpico das Américas e está com um pezinho na vaga olímpica

Compartilhe
Ane Marcelle em disputa no Pre-Olímpico e Pan-Americano de Tiro com Arco

O Brasil está disputando o Campeonato Pan-Americano de Tiro com Arco, em Monterrey (MEX). Mas o campeonato também tem uma disputa paralela válida pelo Pré-Olímpico das Américas da modalidade. Nesta terça-feira (23), a brasileira Ane Marcelle marcou 639 pontos e terminou com a terceira posição na classificatória do Pan-Americano, mas avançou em primeiro na disputa do Pré-Olímpico.


A brasileira de 27 anos ficou atrás de Alejandra Valencia (MEX) e de Valentina Contreras (COL) na disputa do Pan, com uma pontuação bem próxima do seu recorde, que é de 641. México e Colômbia já possuem vaga no feminino e não podem disputar essas três vagas cedidas no evento qualificatório olímpico. Nona colocada na Rio-2016, Ane está em busca de sua segunda Olimpíada.


Além dela, mais duas brasileiras tentam a vaga em Tóquio-2020: Marina Canetta, que terminou a classificatória em 5º , com 614 pontos, e Ana Machado, 7ª colocada com 611. Na qualificatória do Pan elas terminaram em 12º e 14º, respectivamente.


Surte +  No masculino, Marcus D’Almeida lidera Pan-Americano


O Pré-Olímpico segue na sexta-feira (26) e no sábado (27). As brasileiras foram bem e vão direto para as oitavas de final. Ane aguarda Marcela Cortez ou Jocelyn Urias, que se enfrentam na rodada 1 em duelo caseiro de El Salvador. Marina espera a vencedora do embate entre Anne Abernathy, das Ilhas Virgens Americanas, e Maythe Cachi, da Bolívia. Já Ana terá a guatemalteca Cinthya Pellecer ou a canadense Virginie Chenier como adversária.


Nesta quarta (24) segue a disputa do Campeonato Pan-Americano.  Marina Canetta duela contra Javiera Andrades, do Chile, na primeira rodada. Quem também está na primeira fase é a brasileira Tércia Figueiredo, que não esteve na disputa classificatória olímpica. Ela duela contra Cinthya Pellecer (GUA).


Ane Marcelle e Ana Machado só estreiam no mata-mata na segunda fase. Ane enfrenta Anne Abernathy (ISV) e Ana enfrenta Virginie Chenier (CAN).


Equipe feminina e quipe mista

Com a disputa inicial do classificatório, as brasileiras Ane Marcelle, Ana Machado e Maria Canetta somaram 1864 na equipe feminina do recurvo e fecharam na quarta posição, atrás do México, Colômbia e Canadá. Nas quartas o Brasil enfrenta Cuba.


Já a equipe mista saiu do somatório de Ane Marcelle e Marcus D’Almeida, que somaram 1305 pontos e terminaram na segunda colocação. Eles esperam o vencedor do confronto entre Equador e Venezuela, para buscarem uma vaga na semifinal do Pan-Americano.


Foto em destaque: Divulgação/World Archer

Um comentário: