Costa Rica massacra República Dominicana e se despede com vitória do Pré-Olímpico de futebol - Surto Olímpico

Anúncio

Anúncio
Se inscreva em nosso canal!

Pesquisar:

Últimas Notícias

Costa Rica massacra República Dominicana e se despede com vitória do Pré-Olímpico de futebol

Compartilhe

 

Bernard Alfaro comemora um dos gols da Costa Rica. Foto: Twitter/@AlexGaitanCR

Mesmo com o grupo A já definidos com México e Estados Unidos indo à semifinal, Costa Rica e República Dominicana jogaram apenas para cumprir tabela e pela honra. Os costarriquenhos ainda não tinham marcado nenhum gol, enquanto os dominicanos sofreram duas goleadas.


Os 15 primeiros minutos explicaram e muito do que Costa Rica e República Dominicana foram na competição e até justificam a eliminação. Ambas seleções não conseguiram criar uma jogada de ataque e forçaram muitos cruzamentos, além de um jogo muito faltoso e bem picado.


Até aos 30 minutos, nenhum chute foi dado a gol e não haviam ocorrido lances de perigo. E depois de dois jogos, a Costa Rica marcou duas vezes em 13 minutos. O primeiro tento foi bem esquisito. Leal cruzou mal, Jimenez cortou mal levantando a bola, o goleiro Alessandro Baroni saiu pior ainda e Ugalde de cabeça só completou para o gol vazio em enorme trapalhada da defesa deminicana.



O segundo veio após cobrança de lateral. Envolvendo a defensa dominicana, Torres fez tabela com Salazar e tocou na entrada da área para Bernard Alfaro dominar e bater colocado rasteirinho no canto esquerdo de Baroni no último lance perigoso do primeiro tempo.

 


 Para o segundo tempo a Costa Rica começou a ter o domínio do jogo e teve três boas chances que pararam no goleiro Baroni. Já a República Dominicana quase chegou ao gol, mas Sequeira evitou na cabeçada de Baez e no rebote que cedeu a Lorenzo.


Com a Costa Rica mais organizada, conseguiu chegar ao terceiro gol e matar o jogo. Depois de tiro de meta parar na defesa costarriquenha, a jogada passou por mais de meio time, envolvendo a República Dominicana a ponto de Alfaro encontrar Leal sozinho, para o camisa dez dominar já ajeitando para o chute e bater forte para vencer Baroni.



 O meia do Nashville FC dos Estados Unidos marcou o segundo dele na partida dez minutos depois. Alonso Martínez tocou e com a marcação afrouxada do adversário, decidiu chutar de fora da área. Só que para infelicidade do goleiro Baroni, Brian Lopez desviou a bola e tirou qualquer chance de defesa do camisa 12.




Com a República Dominicana entregue e sem forças para reagir, ainda teve tempo para sair o quinto gol da Costa Rica. Um minuto depois de sair o 4 a 0, Salazar fez jogada individual pela direita, chamou o zagueiro dominicano pra dançar e chutou fraco no meio do gol, mas Alessandro Baroni falhou, decretando a vitória de La Sele por 5 a 0 e o fim do massacre. A República Dominicana se despede do torneio com a pior defesa do campeonato até o momento.


Nenhum comentário:

Postar um comentário