Brady vence duelo estadunidense e vai à segunda semifinal de Grand Slam na carreira - Surto Olímpico

Anúncio

Anúncio
Se inscreva em nosso canal!

Brady vence duelo estadunidense e vai à segunda semifinal de Grand Slam na carreira

Compartilhe

Em duelo estadunidense, Jeniffer Brady levou a melhor contra Jessica Pegula, venceu de virada por 2 sets a 1, com parciais de 4-6, 6-2 e 6-1, em 1h40 de jogo e avançou para sua segunda semifinal de Grand Slam na carreira. Ela encara a tenista tcheca Karolina Muchova na próxima fase, valendo vaga na final do Australian Open


AJUDE O SURTO OLÍMPICO A ESTAR PRESENTE NOS JOGOS DE TÓQUIO


Brady enfrentou Muchova apenas uma vez no circuito e perdeu. A tcheca conquistou a vitória no WTA de Praga de 2019, em três sets, no tiebreak da parcial decisiva. 


Brady, atual número 24 do ranking mundial, vive grande fase na carreira após a retomada do circuito após a paralisação de cinco meses por conta da pandemia de coronavírus. Ela venceu o torneio de reabertura da temporada 2020 naquela ocasião, o WTA 250 de Lexington, em agosto. Ainda no ano passado, a tenista estadunidense chegou à semifinal do US Open, caindo diante a campeã, Naomi Osaka


Surte + : Soares e Murray vencem e garantem vaga na semifinal do Australian Open


 A partida 


Apesar da vitória de Brady, foi Pegula quem começou bem a partida. Ainda no terceiro game do set, a jogadora quebrou o saque de Brady, ficando com a vantagem no placar. A adversária até ensaiou uma reação, devolvendo a quebra, mas Pegula respondeu em seguida com nova quebra de serviço. 


Apesar de disparar quatro aces e vencer 85% dos pontos jogados no primeiro saque, Brady falhou nos segundos serviços, ganhando apenas quatro de 16 pontos. Isso foi fundamental para Pegula, que também cometeu menos erros não-forçados (7 a 17) e venceu o primeiro set por 6-4. 


Mas depois, o que se viu foi uma grande retomada de Brady na partida. Pegula tentou evitar a nova tentativa de reação, mas Brady desta vez mostrou mais solidez. Venceu a segunda parcial por 6-2, levando o jogo ao terceiro set, após três quebras de serviço e 62% de aproveitamento dos pontos com o primeiro saque.  


Pegula teve cinco break points no primeiro game da parcial decisiva e conquistou a quebra de saque fundamental que poderia leva-la à vitória. O problema é que este foi o único game que ela ganhou. Brady mais uma vez neutralizou a adversária, vencendo seis games seguidos, com três quebras de saque, para ganhar o set por 6-1 e avançar a semifinal do torneio. 


Foto: Reprodução/Twitter Australian Open


Nenhum comentário:

Postar um comentário