Thomas Bach não terá adversários em eleição e deverá comandar o COI até 2025


O alemão Thomas Bach deverá comandar o Comitê Olímpico Internacional (COI) por mais quatro anos. Isso porque ele será o único candidato na eleição presidencial da entidade, marcada para março do ano que vem. 

A reeleição de Bach já era algo esperado, uma vez que há cinco meses, cerca de 50 membros votantes da entidade já haviam declarado apoio ao atual presidente. 

Com isso, após as formalidades da eleição, Bach ocupará a cadeira de presidente do COI até 2025, somando mais quatro anos aos oito anteriores de seu primeiro mandato, quando foi eleito em 2013. 

Seu mandato final começa oficialmente após o encerramento das Olimpíadas de Tóquio em 8 de agosto de 2021. 

O COI teve apenas nove presidentes em 126 anos: Dimítrios Vikélas (GRE), Pierre de Coubertin (FRA), Henri de Baillet-Latour (BEL), Sigfrid Edstrom (SWE), Avery Brundage (USA), Michael Morris Killanin (IRL), Juan Antonio Samaranch (SPA), Jacques Rogge (BEL) e Thomas Bach (GER). 

Foto: Reprodução

Comente

Postagem Anterior Próxima Postagem