Sem Pinheiros, Minas domina abertura do Troféu Brasil de Natação em noite de recordes brasileiros - Surto Olímpico

Anúncio

Anúncio
Se inscreva em nosso canal!

Sem Pinheiros, Minas domina abertura do Troféu Brasil de Natação em noite de recordes brasileiros

Compartilhe

Os atletas do Minas Tênis Clube se destacaram neste primeiro dia de competição no Troféu Brasil de Natação, realizado na piscina do Vasco da Gama, no Rio de Janeiro. A quarta-feira (09) rendeu ainda recordes brasileiros e o brilho do jovem Stephan Steverink, da AABB São Paulo. A grande ausência fica por conta da equipe do Pinheiros, que decidiu não disputar a competição.


Aos 16 anos, Stephan bateu dois recordes no dia. Pela manhã ele havia feito o melhor tempo dos 400m medley, com 4:20.09 - novo recorde brasileiro da categoria juvenil 2. Mais tarde, nas finais, o atleta da equipe do AABB cravou 4:19.01, nadando pela primeira vez abaixo dos 4:20.00 e quebrando novamente o recorde do juvenil 2.


“Estou muito feliz. Este é meu primeiro pódio de Troféu Brasil e logo uma medalha de ouro. Estou muito orgulhoso do que fiz aqui hoje. Foi mais um passo para o índice olímpico que eu desejo fazer na seletiva do ano que vem”, disse Stephan.


No feminino, a nova geração também brilhou nos 100m borboleta, com Stephanie Balduccini (Paineiras) e Beatriz Bezerra (AABB Pernambuco), que respectivamente quebraram o recorde do juvenil 2 e do infantil 2.


Surte + De olho em Tóquio, Guilherme Costa vai ao Troféu Brasil de Natação como avaliação para a seletiva olímpica


Stephan Steverink foi o destaque do dia 1 no Troféu Brasil - Foto: Ricardo Sodré/SSPress/CBDA


Minas se destaca

Sem a equipe do E.C. Pinheiros, que desistiu de disputar a competição por conta da Covid-19, sobrou para o forte time do Minas dominar este primeiro dia de competições. Nos 100m borboleta masculino, vitória de Vinicius Lanza, com 52.23, seguido de Victor Baganha, com marca de 52.52, completando a dobradinha minastenista.


O Minas também teve vitória nos dois naipes do 100m peito, com Julia Sebastian 1:07.69 e Felipe França 1:00.84, além da dobradinha dos 800m masculino com Guilherme Costa e Diogo Villarinho, que disputaram o Mundial de Gwangju, em 2019.


Recordista sul-americano da prova, Guilherme 'Cachorrão' falou da importância de voltar a competir.


“Achei muito importante voltar a competir. Estamos treinando bastante e aos poucos vamos voltando ao ritmo de competição. Agora é focar na seletiva, onde eu quero estar no meu melhor momento físico e técnico para chegar à minha primeira participação olímpica”, comentou Cachorrão.


A competição segue nesta quinta-feira (10) com eliminatórias às 9:30h e finais a partir das 18h. A TV CBDA transmite a competição.


Confira os pódios completos deste dia 1

800m feminino

1º Viviane Jungblut - Grêmio Náutico União - 8:40.46

2º Aline Rodrigues - Minas Tênis Clube - 8:45.98

3º Betina Lorscheitter - Corinthians - 8:47.69


800m masculino

1º Guilherme Costa - Minas - 7:58.03

2º Diogo Villarinho - Minas - 8:01.29

3º Alexandre Finco - GNU - 8:06.61


100m borboleta feminino

1º Maria Fernanda Costa - Flamengo - 1:00.36

2º Stephanie Balduccini - Paineiras - 1:00.53

3º Thaciana Lima - Corinthians - 1:01.54


100m borboleta masculino

1º  Vinicius Lanza - Minas - 52.23

2º Victor Baganha - Minas - 52.52

3º Gustavo Saldo - Curitibano - 53.41


100m peito feminino

1º Julia Sebastian - Minas - 1:07.69

2º Bruna Leme - Corinthians - 1:10.85

3º Beatriz Lysy - Minas - 1:10.90


100m peito masculino

1º Felipe França - Minas - 1:00.84

2º Andreas Mickosz - Minas - 1:01.20

3º Evandro Silva - Minas - 1:01.89


400m medley feminino

1º Gabrielle Roncatto - Unisanta - 4:53.40

2º Nichelly Lysy - Minas - 4:57.94

3º Gabriela Albuquerque - Paineiras - 5:00.22


400m medley masculino

1º Stephen Steverink - AABB SP - 4:19.01

2º Icaro Ludgero - Fluminense - 4:24.90

3º Vinicius Assunção - Fluminense - 4:25.18


Foto em destaque: Satiro Sodré/SSPress/CBDA

Nenhum comentário:

Postar um comentário