ATP atualiza calendário de 2021; Masters 1000 de Indian Wells é adiado


Foto: Reuters




A Associação dos Tenistas Profissionais (ATP) anunciou uma atualização do calendário para a temporada 2021 do tênis masculino na manhã desta terça-feira (29). Como já era esperado, a gira sul-americana no saibro foi mantida, com torneios na Argentina e Chile. A entidade confirmou uma série de eventos entre as semanas 8 e 13 do cronograma.





Além disso, houve também a confirmação do adiamento do Masters 1000 de Indian Wells. De acordo com a ATP e os organizadores, ainda será definido uma data para a realização do evento.





Dois torneios surgiram no calendário logo na semana seguinte ao Australian Open. São os ATP’s 250 de Cordoba, na Argentina e de Montepellier, na França, ambos entre 20 e 28 de fevereiro.





Entre 27 de fevereiro e 7 de março, ocorre o ATP 500 de Roterdã, nos Países Baixos e de Buenos Aires, na Argentina. Na semana posterior, estão marcados os ATP’s 250 de Santiago, no Chile, Doha, no Catar e Marseille, na França (na janela de 6 e 14 de março).





Finalizando o período de preparação para o Masters 1000 de Miami, acontecem os ATP’s 500 de Acapulco, México e dubai, nos Emirados Árabes Unidos, ambos entre 13 e 20 de março.





Por fim, a ATP agendou o Masters 1000 de Miami entre 22 de março e 4 de abril.





Vale lembrar que, o Rio Open, torneio nível ATP 500, foi adiado, sem uma data prevista para sua realização. De acordo com a entidade que comanda o tênis masculino, os organizadores estão estudando novas datas para o maior torneio de tênis da América do Sul.





A ATP garantiu ainda que seções subsequentes do calendário de 2021, começando com a temporada de quadra de saibro a partir da semana 14, permanecem inalteradas neste momento.


Comente

Postagem Anterior Próxima Postagem