IJF cancela Grand Prix de Zagreb e circuito mundial de judô fica suspenso até 2021 - Surto Olimpico

Anúncio

Anúncio
Se inscreva em nosso canal!

IJF cancela Grand Prix de Zagreb e circuito mundial de judô fica suspenso até 2021

Compartilhe


A Federação Internacional de Judô (IJF) anunciou nesta quarta-feira o cancelamento do Grand Prix de Zagreb, na Croácia, previsto para acontecer no final deste ano, por conta do aumento do número de casos da covid-19 na Europa. A entidade também confirmou que nenhum outro evento substituirá a competição, ficando, assim, o Circuito Mundial suspenso até 2021. Por outro lado, o Masters de Judô segue confirmado para janeiro, em Doha.


Com o calendário paralisado desde o final de fevereiro, por conta da pandemia do coronavírus, a IJF retornou com suas competições internacionais no mês passado, com a disputa do Grand Slam de Budapeste, na Hungria. A competição seguiu todos os protocolos sanitários instituídos pelas autoridades sanitárias e foi considerada um sucesso por parte dos organizadores, já sendo tomada como base para a realização do Grand Prix de Zagreb, antes de seu cancelamento.


“É uma decisão difícil de tomar, especialmente depois de um evento tão bem sucedido e alegre como o Grand Slam da Hungria algumas semanas atrás. Infelizmente, podemos observar que a maioria dos países do mundo estão lutando arduamente para evitar que a pandemia saia do controle e a segurança da Família do Judô vem em primeiro lugar. A equipe da IJF agora se concentrará na organização do Masters do Catar em janeiro", disse o presidente da entidade, Marius Vizer.



Cabe destacar que o Grand Prix de Zagreb já era considerado um "quebra-galho" para a federação internacional, que passou a organizar o evento somente após Tóquio desistir de sediar um Grand Slam (também programado para dezembro), com o temor de que um possível surto de covid-19 pudesse atrapalhar os planos da cidade-sede em se manter segura para a Olimpíada no próximo ano.


Apesar da suspensão do circuito mundial, o Campeonato Pan-Americano de Judô segue confirmado. A competição continental deverá ocorrer de 19 a 22 de novembro, em Guadalajara, no México, e o Brasil deverá contar com 17 judocas, que estarão em busca de importantes pontos para a corrida olímpica rumo a Tóquio 2020. Vale lembrar que a seleção brasileira conquistou três bronzes no Grand Slam de Budapeste.


Foto de capa: IJF

Nenhum comentário:

Postar um comentário