Guia da Superliga Feminina de Vôlei 2020/21 - Esporte Clube Pinheiros - Surto Olimpico

Anúncio

Anúncio
Se inscreva em nosso canal!

Guia da Superliga Feminina de Vôlei 2020/21 - Esporte Clube Pinheiros

Compartilhe

Representante paulistano da Superliga, o Esporte Clube Pinheiros faz parte do seleto grupo de equipes que disputaram todas as edições do torneio desde sua estreia em 1994 - os outros times são Minas e São Caetano. Apesar da tradição, o time não conquistou um título da Superliga em sua história, e tem como melhor campanha a terceira colocação na temporada 2007/2008. 

Desde então, o Pinheiros oscilou entre posições no meio da tabela, sempre marcando presença nos play-offs e fazendo jogos duros contra os times de maior investimento. Em 2015, conquistou o título da Copa Brasil, eliminando Praia Clube, Rio de Janeiro e Sesi-SP ao longo da campanha. Naquele ano, o time contava com jogadoras que viriam a se destacar em outros clubes nos anos seguintes, como a levantadora Macris, a oposta/ponteira Rosamaria, a oposta Lorenne e a líbero Léia.

Na busca para surpreender novamente em um torneio nacional, o Pinheiros passou por uma reformulação em seu elenco. Apenas as ponteiras Priscila e Sabrina Groth e a líbero Letícia estavam no time em 2019 e seguirão para mais uma temporada. A oposta Edinara, que se lesionou e perdeu grande parte dos jogos da equipe nos últimos meses, também segue no clube paulistano e está em fase final de recuperação. 

Entre os reforços, destaque para as levantadoras Ana Cristina e Yael Castiglione, que trazem experiência para suprir a saída de Lyara, transferida para o Praia Clube. Na ponta, a jovem Maiara Basso, que se destacou por Valinhos na última Superliga, foi contratada. As centrais Adri Vilvert (ex-Osasco) e Gabi Martins (ex-Kairós, de Portugal) também chegaram e já têm status de titular.

O Pinheiros indicou no Campeonato Paulista e na estreia da Superliga, contra Sesi Bauru, que ainda busca um melhor entrosamento entre suas atletas. Mesmo assim, o elenco tem qualidade, e o time está entre os que brigarão por uma vaga nos play-offs.

Elenco:



Técnico: Reinaldo Bacilieri

Aos 39 anos, Reinaldo Bacilieri fará sua estreia no comando de uma equipe feminina na Superliga. Até então, o técnico acumulava trabalhos como treinador de times masculinos, como São José, Bento Vôlei e Voleisul. Além disso, foi auxiliar em Taubaté, onde foi campeão da Superliga 2018/19. Na temporada passada, se transferiu para Pinheiros e foi auxiliar de Sérgio Negrão. Agora, com a saída de Negrão, Bacilieri voltará a ter a oportunidade de ser o treinador principal de um time e tem a missão de comandar um projeto que passa por uma renovação.

(Foto: Ricardo Bufolin/Divulgação)

Volte para a página central do Guia aqui

Fotos das figurinhas: Ricardo Bufolin
Foto de capa: Alê da Costa/Divulgação

Nenhum comentário:

Postar um comentário