Guia da Superliga Feminina de Vôlei 2020/21 - Dentil/Praia Clube - Surto Olimpico

Anúncio

Anúncio
Se inscreva em nosso canal!

Guia da Superliga Feminina de Vôlei 2020/21 - Dentil/Praia Clube

Compartilhe

Na elite do vôlei brasileiro há doze anos, o Dentil/Praia Clube detém uma das trajetórias de maior evolução na modalidade no país. Desde a primeira participação na Superliga, na temporada 2008/2009, o time de Uberlândia passou do status de coadjuvante ao de candidato a brigar por todos os títulos que disputa.

Esse crescimento está ligado, entre outros motivos, à boa estrutura do clube e ao aumento nos investimentos, que possibilitaram a formação de elencos mais fortes. Em 2016, o time aurinegro chegou à decisão do torneio pela primeira vez, perdendo para o Rio de Janeiro de Bernardinho. Já na temporada 2017/18, contando com jogadoras como a ponteira campeã olímpica Fernanda Garay e a oposta norte-americana Nicole Fawcett, as praianas conquistaram seu primeiro título de Superliga, em uma revanche contra o próprio Rio.

Desde então, a equipe se manteve entre as melhores do Brasil, entrando como uma das favoritas em todas as competições. Na última temporada, o clube venceu o Campeonato Mineiro e a Supercopa, e liderava a Superliga até a interrupção devido à pandemia de Covid-19, posição que garantiu às aurinegras o direito de disputar novamente a Supercopa e o Campeonato Sul-Americano neste ano.

Para a Superliga 2020/21, o Praia Clube manteve seus pilares no elenco. Seguem no time a levantadora Claudinha; as centrais Carol, Walewska e Angélica; as opostas Brayelin Martínez e Monique; as ponteiras Fê Garay e Michelle; e as líberos Suellen e Laís, além do técnico Paulo Coco. 

Entre os reforços, destaque para a ponteira neerlandesa Anne Buijs, que estava na Turquia e que tem passagem pelo Sesc/Flamengo na carreira. Outro nome estrangeiro que chegou foi a central dominicana Jineiry Martínez, irmã da oposta Brayelin e destaque da seleção do país caribenho. A jovem levantadora Lyara, ex-Pinheiros, é uma aposta da equipe, enquanto a experiente ponteira Mari Paraíba foi repatriada após atuar no voleibol da Itália.

A temporada 2020/21 até teve início com um tropeço: derrota na decisão do Campeonato Mineiro para o Itambé/Minas, grande algoz do Praia Clube nas últimas temporadas. Porém, embalada pelo retorno de Fernanda Garay, recuperada após contrair Covid-19, a equipe evoluiu e conquistou o Troféu Super Vôlei e a Supercopa. Os títulos vieram depois de duas vitórias sobre o Sesc-Flamengo em ambas as decisões.

Com um elenco recheado de grandes jogadoras, o time de Uberlândia luta pelo segundo título da Superliga para provar que já pode ser considerado um dos projetos mais consistentes da história do voleibol nacional.

Elenco:



Técnico: Paulo Coco


Rumo a sua quarta temporada pelo Praia Clube, o pernambucano Paulo Coco acumula cinco títulos nacionais com a equipe e parece consolidado. Braço direito de José Roberto Guimarães e um dos nomes cotados para assumir a Seleção Feminina após os Jogos de Tóquio, é bom ficar de olho no treinador nesta Superliga.

(Foto: FIVB/Divulgação)

Volte para a página central do Guia aqui

Foto de capa: Célio Messias/Inovafoto/CBV

Nenhum comentário:

Postar um comentário