Guia da final masculina de Roland Garros 2020: Rafael Nadal vs Novak Djokovic, episódio 56 - Surto Olimpico

Anúncio

Anúncio
Se inscreva em nosso canal!

Guia da final masculina de Roland Garros 2020: Rafael Nadal vs Novak Djokovic, episódio 56

Compartilhe

 


Tudo começou ali, na terra batida de Roland Garros. Há 14 anos, Rafael Nadal e Novak Djokovic se enfrentavam pela primeira vez como profissionais. Diferentemente do contexto do confronto que ocorrerá no próximo domingo (11), às 10h da manhã, valendo o título do Major francês na temporada 2020, naquela época talvez não fosse possível imaginar que essa se tornaria uma das maiores rivalidades da história do tênis. 


Nadal e Djokovic cruzaram seus caminhos na fase de quartas de final de Roland Garros em 2006, na campanha que levaria o espanhol ao seu segundo título de Major na carreira. O sérvio sequer chegou ao fim da partida, retirando-se por lesão, antes mesmo do início do terceiro set, tendo já o placar desfavorável de 2 sets a 0. 


Após outros 54 episódios dessa longa história, cada taça de Grand Slam representa um passo para a 'glória máxima' de ser pelo menos momentaneamente, o maior vencedor de Majors no tênis masculino. Se no domingo Nadal vencer, ele igualará o suíço Roger Federer pela primeira vez na carreira em títulos de Grand Slam, ficando com os mesmos 20 troféus. Mas se der Djokovic, ele ficará apenas dois canecos atrás do 'Rei da Grama' e um atrás do 'Rei do Saibro', somando 18 títulos


E nada mais emblemático do que vencer o 'Rei do Saibro' em seu próprio 'quintal' de casa. Djokovic é um dos dois unicos tenistas que conseguiram bater Nadal em Roland Garros. Aconteceu em 2015, quando ele passou por cima do espanhol em sets diretos. Mesmo assim, não foi o suficiente para ganhar o título, que viria apenas no ano seguinte. 


Ao lado do tenista sérvio está o sueco Robin Soderling, que promoveu uma das maiores zebras da história do tênis ao derrotar Nadal em Roland Garros 2009, por 3 sets a 1, nas oitavas de final. Ele ainda chegou à final, mas sucumbiu diante um oportunista Federer, que completou ali seu Carrer Slam ao vencer o Major parisiense pela primeira e única vez na carreira. 


Nadal ainda teve uma terceira derrota na capital francesa, mas esta sem nem entrar em quadra. Ele perdeu para seu prórpio corpo. Com dores no punho esquerdo, não enfrentou o compatriota Marcel Granollers, desistindo do torneio na temporada 2016. 


Inclusive, 2016 foi o último ano em que o espanhol ficou sem levantar troféus de Grand Slam. Depois disso Nadal venceu Roland Garros e US Open em 2017, Roland Garros em 2018, e novamente Roland Garros e US Open em 2019. 


O espanhol chega à final sem perder sets ao longo do evento. Se derrotar Djokovic no domingo, Nadal alcançará a incrível marca de 100 vitórias em Roland Garros e seu 13º título no campeonato


Por outro lado, se a vitória for do sérvio, ele se tornará o primeiro homem em 51 anos a conquistar os quatro títulos mais importantes do tênis (Australian Open, Roland Garros, Wimbledon e US Open) ao menos duas vezes cada, ficando ao lado das lendas Roy Emerson e Rod Laver, que também alcançaram este feito. 


Dos 55 capítulos já escritos nesta história, 15 foram em Grand Slams, com vantagem para Nadal, que venceu nove partidas. Em finais de Majors eles se enfrentáram em oito oportunidades, com quatro títulos para cada. A final do domingo coloca mais este ingrediente em jogo para os fanáticos por tênis.

 

Confira abaixo o histórico de confrontos entre Nadal e Djokovic em finais de Majors (4-4)

US Open 2010: Nadal vence Djokovic por 3 sets a 1 (6-4, 5-7, 6-4 e 6-2)

Wimbledon 2011: Djokovic vence Nadal por 3 sets a 1 (6-4, 6-1, 1-6 e 6-3)

US Open 2011: Djokovic vence Nadal por 3 sets a 1 (6-2, 6-4, 6-7 e 6-1)

Australian Open 2012: Djokovic vence Nadal por 3 sets a 2 (5-7, 6-4, 6-2, 6-7 e 7-5)

Roland Garros 2012: Nadal vence Djokovic por 3 sets a 1 (6-4, 6-3, 2-6 e 7-5)

US Open 2013: Nadal vence Djokovic por 3 sets a 1 (6-2, 3-6, 6-4 e 6-1)

Roland Garros 2014: Nadal vence Djokovic por 3 sets a 1 (3-6, 7-5, 6-2 e 6-4)

Australian Open 2019: Djokovic vence Nadal por 3 sets a 0 (6-3, 6-2 e 6-3)


Campanha de Rafael Nadal em Roland Garros 2020


- R1: vitória contra Egor Gerasimov por 3 sets a 0 (6-4, 6-4 e 6-2)

- R2: vitória contra Mackenzie McDonald por 3 sets a 0 (6-1, 6-0 e 6-3)

- R3: vitória contra Stefano Travaglia por 3 sets a 0 (6-1, 6-4 e 6-0)

- Oitavas de final: vitória contra Sebastian Korda por 3 sets a 0 (6-1, 6-1 e 6-2)

- Quartas de final: vitória contra Jannik Sinner por 3 sets a 0 (7-6, 6-4 e 6-1)

- Semifinal: vitória contra Diego Schwartzman por 3 sets a 0 (6-3, 6-3 e 7-6)


Tempo em quadra: 13h13

Sets cedidos: 0

Games cedidos:  46


Campanha de Novak Djokovic em Roland Garros 2020


- R1: vitória contra Mikael Ymer por 3 sets a 0 (6-0, 6-2 e 6-3)

- R2: vitória contra Ricardas Berankis por 3 sets a 0 (6-1, 6-2 e 6-2)

- R3: vitória contra Daniel Galan por 3 sets a 0 (6-0, 6-3 e 6-2)

- Oitavas de final: vitória contra Karen Khachanov por 3 sets a 0 (6-4, 6-3 e 6-3) 

- Quartas de final: vitória contra Pablo Carreno Busta por 3 sets a 1 (4-6, 6-2, 6-3 e 6-4)

- Semifinal: vitória contra Stefanos Tsitsipas por 3 sets a 2 (6-3, 6-2, 5-7, 4-6 e 6-1)


Tempo em quadra: 14h36

Sets cedidos: 3

Games cedidos: 59


Carreira vs carreira 


Rafael Nadal


Títulos ATP (simples): 85

Idade: 34

Atual ranking: 2º

Melhor ranking: 1º (18/08/2008)

Mão: Esquerda

Vitórias contra Djokovic: 26


Novak Djokovic


Títulos ATP (simples): 81

Idade: 33

Atual ranking: 1º

Melhor ranking: 1º (04/07/2011)

Mão: Direita

Vitórias contra Nadal: 29


Foto: Reprodução/Twitter Roland Garros

Nenhum comentário:

Postar um comentário