Bia Haddad vence alemã pela quartas no ITF W25 do Porto e se torna número 2 do Brasil no ranking da WTA - Surto Olimpico

Anúncio

Anúncio
Se inscreva em nosso canal!

Bia Haddad vence alemã pela quartas no ITF W25 do Porto e se torna número 2 do Brasil no ranking da WTA

Compartilhe
Beatriz Haddad Maia Porto Portugal W25

Texto atualizado às 15:20 com mudança da data da semifinal

Na segunda partida da rodada tripla que enfrenta neste sábado (3) no ITF W25 do Porto, Beatriz Haddad Maia economizou forças e apesar de ter passado sufoco para fechar a partida, venceu a alemã Julie Niemeier em sets diretos. A brasileira precisou de apenas 1h43 para vencer por 6-1 e 7-5.


Surte+ Confira Beatriz Haddad Maia em ação nas quartas do ITF W25 do Porto, com placar e narração (vídeo)


Beatriz Haddad Maia, em recuperação no ranking e jogando seu quinto torneio consecutivo em Portugal é a atual 439ª do mundo, mas com o resultado já garante a 378ª colocação e é oficialmente a segunda melhor brasileira do ranking, atrás apenas de Gabriela Cé (236ª), a quem venceu na primeira rodada do W25 de Porto


Bia disputa a semifinal no domingo  (4) contra a espanhola Georgina Garcia-Perez (228ª), para quem perdeu na final de Figueira da Foz três semanas atrás, em sua única derrota em 23 jogos na série de torneios ITF em quadra dura em Portugal que disputa há 33 dias.


Uma vitória na semfinal amanh a levará ao 358º posto no ranking da WTA e o título a levará à 334ª colocação. Ela começou setembro em 1342º no ranking da WTA, após mais de um ano sem disputar o circuito feminino.


Ela voltaria ainda neste sábado, mas no fim do dia o jogo dela foi adiado. As duas semifinais acontecerão no domingo, assim como a grande final do torneio, que tem a chave mais difícil de todos torneios disputados em Portugal nestas últimas semanas.


Como foi o jogo: Beatriz Haddad Maia 2x0 Julie Niemeier 

Julie Niemeier (307ª do mundo) foi levada a deuce mas venceu seu primeiro game de serviço, abrindo o marcador. Depois só deu Bia, que venceu seis games seguidos, fazendo um 'pneu moral', aproveitando todas as três chances de quebra e confirmando os seus serviços com facilidade marcando 6-1 em velozes 33 minutos de set.


Bia Haddad continuou com o domínio completo do jogo e chegou a nove games consecutivos, até que Niemeier finalmente confirmasse mais uma vez seu serviço e diminuísse o marcador para 3 a 1. Bia, pela segunda vez no set e terceira no jogo confirmou seu game de serviço sem perder pontos.


Haddad forçou seis deuces para tentar quebrar mais uma vez a adversária em meados do segundo set, mas Niemeier se segurou em 4-2 e ainda aproveitou a primeira chance de quebra em toda partida para diminuir o marcador para 4-3.


No que poderia ter sido um momento-chave da partida, Bia Haddad respondeu com quatro pontos seguidos no saque da adversária para quebrar novamente e sacar em 5-3, mas Niemeier fez novamente um bom game de devolução, quebrando novamente o serviço de Bia e em seguida escapando de 5-5 para empatar o set.


Depois de vencer seu saque com tranquilidade, Bia chegou a abrir 15-40 mas desperdiçou os primeiros dois match points alcançados. Logo em seguida, novo match point e com a bola na rede da adversária, ela fechou o difícil segundo set por 7-5 após 70 minutos de parcial e 1h43 de jogo.


Na semifinal, Bia Haddad enfrenta a espanhola Georgina Garcia-Perez, que ainda não perdeu sets no torneio e venceu a britânica Katy Dunne por 6-1 e 6-3 nas quartas. A espanhola, 228ª do mundo, foi responsável pela única derrota em 23 jogos disputados por Bia na gira portuguesa de cinco semanas, na final épica de Figueira da Foz, que durou mais de quatro horas. 


Quem ganhar deste jogo que está previsto para acontecer ainda neste sábado, enfrenta a vencedora da convidada portuguesa Francisca Jorge (591ª) e da cabeça 2, Cristina Bucsa (155ª), da Espanha.


Foto: Porto Open / Divulgação

Nenhum comentário:

Postar um comentário