Natalia marca 10 pontos e Dínamo Moscou vence na fase preliminar da Champions League de vôlei - Surto Olimpico

Anúncio

Anúncio
Se inscreva em nosso canal!

Natalia marca 10 pontos e Dínamo Moscou vence na fase preliminar da Champions League de vôlei

Compartilhe

A brasileira Natalia estreou na Champions League pelo seu novo clube, o Dínamo Moscou. Em partida válida pela fase preliminar da competição, a brasileira ajudou sua equipe com dez pontos na vitória sobre o Vasas Óbuda Budapeste por 3 sets a 0 (25/13, 25/23 e 25/17). O jogo desta terça-feira (23) foi a único do confronto, que não terá o jogo de volta por conta das restrições de viagens.


Novamente a russa Nataliya Goncharova foi a maior pontuadora do Dínamo e da partida, com 13 pontos, seguido de Natalia e da ponta húngara Torok, que pontuaram dez vezes. Cerca de 400 espectadores assistiram a partida em Budapeste, na Hungria.


Sem o segundo jogo, o Moscou se classificou para a segunda fase da rodada preliminar e espera o vitorioso do duelo caseiro entre SC Prometey Kamyanske e Khimik Yuzhny, da Ucrânia. O Yuzhny venceu a partida de ida por 3 sets a 1. 


Caso Natalia e companhia passem da segunda fase, o Dínamo entraria no grupo D da competição ao lado do Eczacibasi (TUR), da estrela Boskovic, além do Lokomotiv Kaliningrado (RUS) e LP Salo (FIN).


Times iniciais


Vasas Óbuda Budapeste: Jennifer Nogueras (GRE), Maria Zernovic (SVK), Kata Torok, Kinga Windisch, Sanja Kalicanin (SRB), Ema Strunjak (CRO) e Dalma Juhár (L).


Dínamo Moscou: Tatiana Romanova, Natalia Krotkova, Natalia Zilio, Nataliya Goncharova, Ekaterina Enina, Irina Fetisova e Mariia Bibina (L). 


Covid cancela jogos 


Time masculino e feminino do Mladost Zagreb foram eliminados sem jogar - Foto: Divulgação/CEV


Diversas partidas foram canceladas por conta de casos do Covid-19 nas equipes. É o caso do Mladost Zagreb (CRO), que teve vários atletas com testes positivos e teve que se retirar da competição em ambos os naipes, após as autoridades croatas colocarem os infectados em quarentena. 


Na competição masculina, o time croata do Ribola Kastela demorou para enviar os testes do Covid-19 para a Confederação Europeia de Voleibol (CEV) e acabou não jogando a primeira partida do grupo C, ficando sem condições de classificação.


O mesmo caso ocorreu com o Minchanka Minsk (BLR), eliminado da competição feminina após não poder viajar por conta do coronavírus positivo em suas jogadoras.


A equipe do Dínamo Moscou volta a atuar no próximo domingo (27), quando Natalia e suas companheiras enfrentam o Lipetsk pela Superliga Russa.


Foto: Divulgação/CEV

Nenhum comentário:

Postar um comentário