Bia Haddad sofre, mas vence em 2 sets e está na semi em Figueira da Foz - Surto Olimpico

Anúncio

Anúncio
Se inscreva em nosso canal!

Bia Haddad sofre, mas vence em 2 sets e está na semi em Figueira da Foz

Compartilhe
Beatriz Haddad Maia tênis Brasil Portugal

Mantendo a boa fase, Beatriz Haddad Maia venceu mais uma partida nesta sexta-feira, chegou ao oitavo triunfo consecutivo e avançou à semi do ITF W25+ de Figueira da Foz. Pela primeira vez durante o torneio português, ela triunfou em sets diretos, ainda que bem difíceis, com 7-5 7-6 (5) diante da egípcia Sandra Samir em quase três horas de jogo (2h48m).

O jogo começou favorável para a africana, 358ª melhor do mundo, que abriu 5-2 no primeiro set, mas viu a reação da brasileira para fechar a parcial em 7-5. Num segundo set mais equilibrado, Bia chegou a ter dois match-points no saque da adversária em 5-3, mas não fechou o duelo. Além disso, sacou duas vezes para encerrar o jogo em 5-4 e 6-5, mas foi quebrada em ambas as oportunidades. Ela só conseguiu a vitória no quinto match point, já no tiebreak (7-5).


Bia aproveitou cinco de nove chances de quebra, mas também ofereceu oito break points à adversária, que converteu quatro. Foram cinco duplas faltas para a brasileira e quatro para a egípcia, e apesar do forte vento no balneário português, Samir conseguiu três aces contra nenhum da brasileira.

Na semifinal, Bia enfrentará a espanhola Andrea Lazaro Garcia, cabeça 8 e atual 318ª do mundo, que venceu a italiana Lucrezia Stefanini por 7-6 (7), 6-1. Atual 1342ª do ranking da WTA, Bia aparecerá em 611ª quando os 50 pontos do título de Montemor-O-Novo caírem. Com os 22 pontos da campanha em Figueira da Foz ela estará próxima da 515ª posição em 21 de setembro. Uma vaga na final a deixará cerca de 480ª. Um novo título, por sua vez, deixará Bia na faixa da 410ª posição.

O jogo em detalhes
A partida começou com um primeiro game super disputado de dez minutos, na qual Bia Haddad salvou três game points para sair com uma quebra de vantagem. Em seguida, Bia até salvou 15-40, mas a egípcia empatou o jogo. O jogo seguiu com games confortáveis de serviço até o sexto game, quando Samir aproveitou o primeiro break point, que lhe deu confortável vantagem no set.

Com placar desfavorável de 5 a 2, a experiência de Bia falou mais alto. Quando a egípcia sacava para o primeiro set em 5-3, a brasileira forçou um 0-40. Atrapalhada pelo forte vento, Bia aproveitou o segundo BP com uma dupla falta de Samir e em seguida confirmou seu saque para empatar o jogo.

No 11º game, Bia pressionou bastante a africana e converteu a quarta chance de quebra. Em seguida chegou a sofrer mais um pouco e só garantiu o primeiro set na terceira oportunidade, para enfim celebrar: 7-5, em 1 hora e de dezesseis minutos de set.

No segundo set, as jogadoras tiveram poucas brechas para quebra de saque e logo depois de se salvar de um perigoso 0-30 no quarto game, a brasileira conseguiu a quebra no game seguinte. Parecia ser um set mais tranquilo para a brasileira, que confirmava seus games com facilidade, mas o jogo virou no momento da decisão.

Bia teve dois match points no saque de Samir em 5-3, mas desperdiçou e ainda viu a adversária quebrar quando Bia sacava para o jogo em 5-4. A paulista conseguiu nova quebra no 11º game e desperdiçou nova chance de definir o jogo em seu saque em 6-5.

No tiebreak, ela liderou por 3-1 e 6-3, quando perdeu mais dois match points, desta vez em seu saque. Com segundo serviço em 5-6 e defendendo um quinto match point, a egípcia foi enfim derrotada pela troca de bolas poderosa de Bia, que pode enfim celebrar a vitória depois de longuíssimos noventa e dois minutos de segundo set


Bia volta hoje ainda para a semi de duplas
Ainda no final da tarde desta sexta, Bia volta às quadras para a disputa da semifinal de duplas, ao lado da compatriota Ingrid Gamarra Martins. Elas desafiam as espanholas Marina Bassols Ribera e Nuria Parrizas-Diaz. Em caso de vitória, pode haver uma final brasileira, contra Carolina Alves Meligeni. Em parceria com a grega Valentini Grammatikopoulou, ela é a cabeça 2 e enfrenta a sueca Jacqueline Cabaj Awad e a portuguesa Ines Murta. 

Foto: Reprodução / Facebook Bia Haddad Maia

Nenhum comentário:

Postar um comentário