Nishikori se recupera da Covid-19, mas desiste do US Open - Surto Olimpico

Anúncio

Anúncio
Se inscreva em nosso canal!

Nishikori se recupera da Covid-19, mas desiste do US Open

Compartilhe









Kei Nishikori está fora do US Open. O tenista japonês fez o anúncio nesta quarta-feira, por meio de seu aplicativo oficial, informando que decidiu se retirar do torneio após ter ficado muito tempo longe das quadras, tendo sua preparação interrompida há dez dias, quando testou positivo para o coronavírus. O atleta também anunciou que já está recuperado e liberado para voltar aos treinos.

"Eu estou feliz em anunciar que eu testei positivo para a Covid. Eu vou voltar aos poucos a ter uma rotina de treinos amanhã", disse. "Tendo dito isso, eu (juntamente com meu time), decidi me retirar  do US Open este ano. Depois de uma longa pausa, eu sinto que retornar em jogos de melhor de 5 não é muito inteligente ainda que eu estivesse pronto para fazê-lo".

Nishikori testou positivo para o coronavírus no dia 16 de agosto. O diagnóstico o tirou do Masters 1000 de Cincinnati, disputado nesta semana, também em Nova York. No último domingo, já em reta final de preparação para o US Open, ele voltou a testar positivo e sua participação no Grand Slam já se mostrava em dúvida.

Ex-número 4 do mundo, o japonês se mostrou triste por não participar da competição, onde foi vice-campeão em 2014. "Estou desapontado porque eu amo o US Open e tenho ótimas memórias lá", lamentou.

Confirmada sua não participação no Major estadunidense, Nishikori já vira a chave com foco no próximo - e último - Grand Slam da temporada: Roland Garros, que será iniciado em 21 de setembro. O atleta disputará alguns torneios de saibro em preparação para o torneio francês.

O US Open acontecerá de 31 de agosto a 13 de setembro.

Surte +: Após desistência de Osaka, WTA, ATP e USTA decidem adiar os jogos de semifinal de Cincinnati


Foto: Arquivo/Reuters

Nenhum comentário:

Postar um comentário