Na Diamond League de Mônaco, Joshua Cheptegei bate recorde mundial nos 5.000m - Surto Olimpico

Anúncio

Anúncio
Se inscreva em nosso canal!

Na Diamond League de Mônaco, Joshua Cheptegei bate recorde mundial nos 5.000m

Compartilhe

Histórico! Depois de 16 anos, o recorde mundial dos 5.000m finalmente foi derrubado. Coube ao ugandense Joshua Cheptegei quebrar a marca nesta sexta-feira, ao vencer a Diamond League de Mônaco com 12:35.36, abaixando em dois segundos o tempo anterior do etíope Kenenisa Bekele (12:37.35).

Cheptegei impôs mais de 20 segundos sobre seu antigo recorde pessoal nos 5.000m, que era de 12:57.41. Ele foi oitavo colocado na Rio-2016, mas pouco competiu na distância neste ciclo olímpico. No entanto, ele quebrou o recorde mundial nos 5km de rua, com 12:51, em fevereiro deste ano, também em Mônaco.

Surte +: Ainda na DL de Mônaco, Thiago Braz volta a saltar 5,50m e termina em último

Um fato que torna seu desempenho ainda mais impressionante é que esta foi a primeira aparição oficial do ugandense desde essa corrida em fevereiro. “Acho que Mônaco é um lugar especial e é um desses lugares onde eu poderia quebrar o recorde mundial”, disse ele à World Athletics após o feito.

Durante a pandemia, ele optou por voltar para seu país em vez de ficar na Europa, onde normalmente reside. Segundo ele, este foi um dos itens principais que o ajudaram a se manter firme para conseguir a quebra do recorde.

“Foi preciso pensar muito para continuar motivado este ano, porque as pessoas estão ficando em casa, mas você tem que se manter motivado. Eu me esforcei, tive o grupo certo comigo, o treinador certo", falou, destacando o apoio de sua família e de seus amigos.


Aos 23 anos de idade, Cheptegei é o atual campeão mundial nos 10.000m e foi vice-campeão na mesma distância em 2017. Ele também foi sexto colocado na última edição olímpica, na Rio-2016, e campeão mundial sub-20 em 2014.

O segundo colocado dos 5.000m em Mônaco foi o queniano Kipkorin Nicholas Kimeli, que bateu seu recorde pessoal com 12:51.78, se inserindo como o 29º atleta mais veloz da história na distância. A prova monegasca contou com 15 corredores, dos quais três eram coelhos e dois não finalizaram a corrida.
Foto: Divulgação/Diamond League

Nenhum comentário:

Postar um comentário