Campeão olímpico dos 100m borboleta, Joseph Schooling consegue liberação do serviço militar de Singapura para Tóquio 2020 - Surto Olimpico

Anúncio

Anúncio
Se inscreva em nosso canal!

Campeão olímpico dos 100m borboleta, Joseph Schooling consegue liberação do serviço militar de Singapura para Tóquio 2020

Compartilhe

Joseph Schooling, campeão olímpico dos 100 metros borboleta na Rio 2016, obteve permissão para adiar sua apresentação ao serviço nacional de Singapura, o que permitirá ao nadador competir nos Jogos Olímpicos de Tóquio no ano que vem. A informação é do site especializado InsidetheGames.

País natal de Schooling, Singapura exige que todos os cidadãos do sexo masculino com 18 anos cumpram dois anos no serviço militar, na polícia ou em serviços de emergência. Originalmente, o atleta deveria comparecer ao serviço nacional em 2014, mas teve sua apresentação adiada para participar das Olimpíadas de 2016 no Rio de Janeiro.

Na ocasião, o atleta surpreendeu o mundo e conquistou o ouro nos 100 metros borboleta masculino nos Jogos, superando seu ídolo Michael Phelps, dono de 23 medalhas de ouro. Foi a primeira conquista olímpica da história de Singapura. De quebra, Schooling quebrou o recorde olímpico da prova, com a marca de 50s39.


O nadador havia garantido o adiamento para treinar para Tóquio 2020 - Schooling se classificou para os 100m borboleta - mas os Jogos foram transferidos para julho e agosto de 2021 devido à pandemia de COVID-19, o que deixou sua situação incerta. 

Segundo o InsidetheGames, porém, o Ministério da Defesa de Singapura (MINDEF) acatou o novo pedido de adiamento do atleta. Além de Schooling, seu compatriota Quah Zheng Wen, que representou o país em Londres 2012 e na Rio 2016, também conseguiu nova liberação do serviço militar para competir em Tóquio. Quah atingiu o índice nos 100m costas e borboleta.

"Os adiamentos são para o Sr. Schooling e o Sr. Quah treinarem e competirem nos Jogos Olímpicos que foram adiados para 2021", disse o MINDEF em comunicado. "O adiamento pode ser concedido a esportistas excepcionais avaliados como potenciais vencedores de medalhas por Singapura em competições internacionais de alto nível, como os Jogos Olímpicos".

“Eles também se comprometeram a estar totalmente focados em seus preparativos para os Jogos Olímpicos, a fim de atingirem sua melhor forma, e não realizarão quaisquer atividades adicionais, como patrocínios comerciais", completou a entidade.


Foto: REUTERS/Stefan Wermuth

Nenhum comentário:

Postar um comentário