BWF ajusta datas e propõe calendário alternativo para o retorno do Circuito Mundial - Surto Olimpico

Anúncio

Anúncio
Se inscreva em nosso canal!

BWF ajusta datas e propõe calendário alternativo para o retorno do Circuito Mundial

Compartilhe

A Federação Internacional de Badminton (BWF) reformulou quase que completamente o calendário do Circuito Mundial, ajustando-o às diversas restrições de viagens impostas pela pandemia do coronavírus. A entidade modificou a programação de diversos eventos e acresceu quatro torneios Super 750 e Super 1000, além de um Finals, ao novo cronograma, que será regionalizado.

O pontapé "reinicial" da temporada de alto nível virá com a Thomas e Uber Cup, tradicional torneio de seleções, que segue programada para 03 a 11 de outubro, em Aarhus, na Dinamarca. Logo na sequência, serão realizadas duas competições Super 750 para reabrir o circuito (13 a 18 de outubro e 20 a 25 de outubro), ambas marcadas para a cidade de Odense, também na Dinamarca.

Saindo da Europa, o circuito partirá para a Ásia, onde haverá dois eventos Super 1000 na Malásia (cidade ainda não definida) em novembro, de 10 a 15 e de 17 a 22, respectivamente. No mesmo país, acontecerá o World Tour Finals, que coroará os melhores da curta e alternativa temporada, entre 25 e 29 do mesmo mês.

Durante o processo de transição de um continente para o outro, a BWF deixou um período de pouco mais de duas semanas para que os atletas e envolvidos cumpram os protocolos sanitários e de segurança antes e depois das viagens, com uma margem para ficarem de quarentena se necessário for.

"Devido à pandemia da Covid-19, não foi possível implementar o calendário de torneios internacionais revisado para o Circuito Mundial como originalmente previsto", disse o presidente da BWF, Thomas Lund. "Gerenciar a logística de viagens entre diferentes territórios onde se aplicam diferentes restrições de entrada e segurança tem sido o maior desafio. Portanto, um calendário de torneio ajustado foi desenvolvido.

"Nossa principal preocupação sempre foi a saúde e a segurança de todos os participantes e criamos um documento de protocolos de segurança e procedimentos operacionais da BWF para nos orientar nesse processo. Estamos ansiosos para o retorno do badminton internacional e agradecemos a todas as partes e participantes envolvidos no processo de planejamento", finalizou.

Todas os torneios realizados no final da temporada acumularão pontos para os rankings mundiais, muito embora tais só sejam incluídos com o descongelamento destes. Todos os rankings estão suspensos desde metade de março e a forma como serão descongelados ainda não foi anunciada pela BWF.


Foto: Divulgação/BWF

Nenhum comentário:

Postar um comentário