Técnico de Roger Federer acredita que suíço continuará jogando tênis após 2021 - Surto Olimpico

Anúncio

Anúncio
Se inscreva em nosso canal!

Técnico de Roger Federer acredita que suíço continuará jogando tênis após 2021

Compartilhe

Por diversas vezes uma possível aposentadoria de Roger Federer virou tema de discussão entre os fãs de tênis. Após duas artroscopias no joelho direito em 2020, o suíço anunciou recentemente sua desistência nesta temporada, afetada pela pandemia de coronavírus, para focar em 2021 com força máxima. Muitos suspeitam que será o último ano dele como profissional. Porém, seu técnico Severin Luthi, discorda

"Ele ainda gosta da vida no circuito, nunca o ouvi dizer que ele precisa parar porque quer mudar sua vida ou está cansado de viajar", disse Luthi à revista suíça Smash. "Nada pode ser 100% excluído, mas como ele ainda gosta de tênis e compartilha tempo com os amigos que tem em todo lugar, não acho que ele se aposentará em 2021", disparou o treinador. 

Federer deverá retornar ao tênis no Australian Open. Suas prioridades, como ele mesmo disse em entrevista, há dez dias, serão o Torneio de Wimbledon e a caça pela medalha de ouro do torneio de simples dos Jogos Olímpicos de Tóquio. O tenista tem a prata de Londres 2012 e o ouro nas duplas, em Pequim 2008, ao lado de Stan Wawrinka.

Luthi também falou sobre a lesão sofrida por Federer, que levou o atleta para a sala de operações duas vezes neste ano. "A verdade é que a lesão ocorreu no melhor momento possível, ainda mais vendo o que as classificações colocam em prática, embora isso não o afete emocionalmente", declarou.

"Ele não é uma pessoa que se sente frustrada. No dia seguinte à operação, ele esperava uma nova fase na qual passaria um tempo com sua família. Ele tem a capacidade única de ser muito ambicioso sem ser obcecado ou frustrado com o inesperado", concluiu o técnico. 

Foto: Reprodução/Facebook

Nenhum comentário:

Postar um comentário