Guia dos Sistemas Qualificatórios Olímpicos Atualizados - Wrestling - Surto Olímpico

Anúncio

Anúncio
Se inscreva em nosso canal!

Pesquisar:

Últimas Notícias

Guia dos Sistemas Qualificatórios Olímpicos Atualizados - Wrestling

Compartilhe
Mohammad Hossein Mohammadian (IRI)
 Magomed Ibragimov (UZB)

Atualizado em 10 de maio de 2021, às 16:18

Status: Concluído

Eventos/Vagas: 18 eventos de três estilos (luta greco-romana, livre masculina e livre feminina) e 288 atletas (16 atletas por categoria em cada um dos estilos). Veja:
- Luta greco-romana (apenas no masculino): 60kg, 67kg, 77kg, 87kg, 97kg, 130kg;
- Luta livre masculina: 57kg, 65kg, 74kg, 86kg, 97kg, 125kg;
- Luta livre feminina: 50kg, 53kg, 57kg, 62kg, 68kg, 76kg.

Sistema qualificatório

O Campeonato Mundial de 2019, disputado em Nur-Sultan, no Cazaquistão, classificou os seis melhores atletas das 18 categorias para os Jogos Olímpicos. Na sequência, as seletivas de cada continente (América, Europa, Ásia e África/Oceania) garantiram dois atletas por categoria

Por fim, o Pré-Olímpico Mundial distribuiu as duas vagas restantes de cada categoria. Cada país tem o limite de um atleta por peso.

Brasil

O Pré-Olímpico Pan-Americano foi um dos últimos eventos a ser disputado em 2020 antes da paralisação por conta da pandemia. O Brasil classificou Eduard Soghomonyan (130kg/greco-romana), Laís Nunes (62kg/feminino) e Aline Silva (76kg/feminino). Giullia Penalber (57kg), um dos principais nomes de sua categoria e ex-líder do ranking mundial, não conseguiu se classificar para Tóquio através do Pré-Olímpico Mundial, que deu duas vagas por peso.

Aline Silva em disputa no Pré-Olímpico das Américas da Lutra Livre
Aline Silva (direita) garantiu vaga para seu segundo Jogos Olímpicos após chegar à final do Pré-Olímpicos das Américas (Foto: Washington Alves/COB)

Atletas já classificados:

    Luta greco-romana:

   - 60kg: Mundial -  Kenichiro Fumita (Japão), Sergey Emelin (Comitê Olímpico da Rússia), Meirambek Ainagulov (Cazaquistão), Alireza Nejati (Irã), Lenur Temirov (Ucrânia) e Elmurat Tasmuradov (Uzbequistão); América -  Luis Orta (Cuba) e Ildar Hafizov (Estados Unidos); Europa -  Kerem Kamal (Turquia) e Etienne Kinsinger (Alemanha); África - Haithem Mahmoud (Egito) e Abdelkarim Fergat (Argélia); Ásia - Zholaman Sharshenbekov (Quirguistão) e Walihan Sailike (China); Pré-Olímpico Mundial - Victor Ciobanu (Moldávia) e Armen Melikyan (Armênia).

   - 67kg: Mundial -  Ismael Borrero (Cuba), Artem Surkov (Comitê Olímpico da Rússia), Mate Nemeš (Sérvia), Frank Stäbler (Alemanha), Fredrik Bjerrehuus (Dinamarca) e Mohamed Ibrahim (Egito); América - Julián Horta (Colômbia) e Alejandro Sancho (Estados Unidos); Europa - Ramaz Zoidze (Geórgia) e Bálint Korpási (Hungria); África - Souleymen Nasr (Tunísia) e Abdelmalek Merabet (Argélia); Ásia - Mohammad Reza Geraei (Irã) e Ryu Han-su (Coreia do Sul); Pré-Olímpico Mundial - Karen Aslanyan (Armênia) e Parviz Nasibov (Ucrânia).

   - 77kg: Mundial - Tamás Lőrincz (Hungria), Alex Bjurberg Kessidis (Suécia), Mohammad Ali Geraei (Irã), Jalgasbay Berdimuratov (Uzbequistão), Karapet Chalyan (Armênia) e Askhat Dilmukhamedov (Cazaquistão); América - Yosvanys Peña (Cuba) e José Andrés Vargas (México); Europa - Aleksandr Chekhirkin (Comitê Olímpico da Rússia) e Božo Starčević (Croácia); África - Lamjed Maafi (Tunísia) e  Zied Ayet Ikram (Marrocos); Ásia - Akzhol Makhmudov (Quirguistão) e Shohei Yabiku (Japão); Pré-Olímpico Mundial - Aik Mnatsakanian (Bulgária) e Rafig Huseynov (Azerbaijão).

   - 87kg: Mundial -  Zhan Beleniuk (Ucrânia), Viktor Lőrincz (Hungria), Denis Kudla (Alemanha), Rustam Assakalov (Uzbequistão), Mikalai Stadub (Belarus) e Atabek Azisbekov (Quirguistão); América - Joe Rau (Estados Unidos) e Daniel Grégorich (Cuba); Europa - Islam Abbasov (Azerbaijão) e Lasha Gobadze (Geórgia); África - Mohamed Metwally (Egito) e Bachir Sid Azara (Argélia); Ásia - Nursultan Tursynov (Cazaquistão) e Peng Fei (China); Pré-Olímpico Mundial - Ivan Huklek (Croácia)
 e Zurab Datunashvili (Sérvia).

   - 97kg: Mundial -  Musa Evloev (Comitê Olímpico da Rússia), Artur Aleksanyan (Armênia), Mikheil Kajaia (Sérvia), Cenk İldem (Turquia), Tadeusz Michalik (Polônia) e Giorgi Melia (Geórgia); América - Gabriel Rosillo (Cuba) e G'Angelo Hancock (Estados Unidos); Europa - Arvi Savolainen (Finlândia) e Kiril Milov (Buulgária); África - Adem Boudjemline (Argélia) e Haykel Achouri (Tunísia); Ásia - Mohammad Hadi Saravi (Irã) e Uzur Dzhuzupbekov (Quirguistão); Pré-Olímpico Mundial - Alex Szőke (Hungria) e Artur Omarov (República Tcheca).

   - 130kg: Mundial - Rıza Kayaalp (Turquia), Óscar Pino (Cuba), Heiki Nabi (Estônia), Iakob Kajaia (Geórgia), Amir Ghasemi (Irã) e Eduard Popp (Alemanha); América -  Yasmani Acosta (Chile) e Eduard Soghomonyan (Brasil); Europa - Sergey Semenov (Comitê Olímpico da Rússia) e Mantas Knystautas (Lituânia); África - Abdellatif Mohamed (Egito) e Amine Guennichi (Tunísia); Ásia - Muminjon Abdullaev (Uzbequistão) e Kim Min-seok (Coreia do Sul); Pré-Olímpico Mundial -  Alin Alexuc-Ciurariu (Romênia) e Elias Kuosmanen (Finlândia).

    Luta livre masculina:

    -57kg: Mundial - Zaur Uguev (Comitê Olímpico da Rússia), Süleyman Atlı (Turquia), Nurislam Sanayev (Cazaquistão), Ravi Kumar Dahiya (Índia), Stevan Mićić (Sérvia) e Reza Atri (Irã); América - Thomas Gilman (Estados Unidos) e Óscar Trigreros (Colômbia); Europa - Arsen Harutyunyan (Armênia) e Georgi Vangelov (Bulgária); África - Diamantino Iuna Fafé (Guiné-Bissau) e Abdelhak Kherbache (Argélia); Ásia - Gulomjon Abdullaev (Uzbequistão) e Liu Minghu (China); Pré-Olímpico Mundial -  Yuki Takahashi (Japão) e Erdenebatyn Bekhbayar (Mongólia).

    -65kg: Mundial - Gadzhimurad Rashidov (Comitê Olímpico da Rússia), Daulet Niyazbekov (Cazaquistão), Bajrang Punia (Índia), Iszmail Muszukajev (Hungria), Tömör-Ochiryn Tulga (Mongólia) e Takuto Otoguro (Japão); América - Alejandro Valdés (Cuba) e Agustín Destribats (Argentina); Europa - Vazgen Tevanyan (Armênia) e Haji Aliyev (Azerbaijão); África - Adama Diatta (Senegal) e Haithem Dakhlaoui (Tunísia); Ásia - Ernazar Akmataliev (Quirguistão) e Amir Mohammad Yazdani (Irã); Pré-Olímpico Mundial -  Magomedmurad Gadzhiev (Polônia) e Georgios Pilidis (Grécia).

    -74kg: Mundial - Zaurbek Sidakov (Comitê Olímpico da Rússia), Frank Chamizo (Itália), Jordan Burroughs (Estados Unidos), Daniyar Kaisanov (Cazaquistão), Mao Okui (Japão) e Kamil Rybicki (Polônia); América - Geandry Garzón (Cuba) e Franklin Gómez (Porto Rico); Europa - Avtandil Kentchadze (Geórgia) e Khadzhimurad Gadzhiyev (Azerbaijão); África - Amr Reda Hussen (Egito) e Augusto Midana (Guiné-Bissau); Ásia - Younes Emami (Irã) e Bekzod Abdurakhmonov (Uzbequistão); Pré-Olímpico Mundial -  Magomedkhabib Kadimagomedov (Belarus) e Vasyl Mykhailov (Ucrânia).

    -86kg: Mundial -  Hassan Yazdani (Irã), Deepak Punia (Índia), Stefan Reichmuth (Suíça), Artur Naifonov (Comitê Olímpico da Rússia), Carlos Izquierdo (Colômbia) e Myles Amine (San Marino); América - David Taylor (Estados Unidos) e Pool Ambrocio (Peru); Europa - Ali Shabanau (Belarus) e Osman Göçen (Turquia); África - Ekerekeme Agiomor (Nigéria) e Fateh Benferdjallah (Argélia); Ásia - Javrail Shapiev (Uzbequistão) e Lin Zushen (China); Pré-Olímpico Mundial -  Sosuke Takatani (Japão) e Boris Makojev (Eslováquia).

    -97kg: Mundial -  Abdulrashid Sadulaev (Comitê Olímpico da Rússia), Sharif Sharifov (Azerbaijão), Kyle Snyder (Estados Unidos), Magomedgadzhi Nurov (Macedônia do Norte), Elizbar Odikadze (Geórgia) e Alisher Yergali (Cazaquistão); América -  Reineris Salas (Cuba) e Jordan Steen (Canadá); Europa - Aliaksandr Hushtyn (Belarus) e Süleyman Karadeniz (Turquia); África - Mohamed Saadaoui (Tunísia) e Mohammed Fardj (Argélia); Ásia - Mohammad Hossein Mohammadian (Irã) e Magomed Ibragimov (Uzbequistão); Pré-Olímpico Mundial - Abraham Conyedo (Itália) e Albert Saritov (Romênia).

    -125kg: Mundial -  Geno Petriashvili (Geórgia), Taha Akgül (Turquia), Oleksandr Khotsianivskyi (Ucrânia), Deng Zhiwei (China), Egzon Shala (Kosovo) e Yadollah Mohebbi (Irã); América -  Nick Gwiazdowski (Estados Unidos) e Amar Dhesi (Canadá); Europa - Dzianis Khramiankou (Belarus) e Gennadij Cudinovic (Alemanha); África - Diaaeldin Kamal (Egito) e Djahid Berrahal (Argélia); Ásia - Yusup Batirmurzaev (Cazaquistão) e Mönkhtöriin Lkhagvagerel (Mongólia); Pré-Olímpico Mundial - Sergey Kozyrev (Comtiê Olímpico da Rússia) e Sumit Malik (Índia).

    Luta livre feminina:

    - 50kg: Mundial -  Mariya Stadnik (Azerbaijão), Alina Vuc (Romênia), Valentina Islamova (Cazaquistão), Ekaterina Poleshchuk (Comitê Olímpico da Rússia), Oksana Livach (Ucrânia) e Sun Yanan (China); América -  Yusneylys Guzmán (Cuba) e Sarah Hildebrandt (Estados Unidos); Europa - Miglena Selishka (Bulgária) e Evin Demirhan (Turquia); África - Sarra Hamdi (Tunísia) e Adijat Idris (Nigéria); Ásia - Yui Susaki (Japão) e Tsogt-Ochiryn Namuuntsetseg (Mongólia); Pré-Olímpico Mundial - Seema Bisla (Índia) e Lucía Yépez (Equador).

    - 53kg: Mundial -  Pak Yong-mi (Coreia do Norte)*, Mayu Mukaida (Japão), Vinesh Phogat (Índia), Pang Qianyu (China), Maria Prevolaraki (Grécia) e Roksana Zasina (Polônia); América - Lianna Montero (Cuba) e Jacarra Winchester (Estados Unidos); Europa - Sofia Mattsson (Suécia) e Vanesa Kaladzinskaya (Belarus); África e Oceania - Joseph Essombe (Camarões) e Rckaela Aquino (Guam); Ásia - Bat-Ochiryn Bolortuyaa (Mongólia) e Tatyana Amanzhol (Cazaquistão); Pré-Olímpico Mundial - Olga Khoroshavtseva (Comitê Olímpico da Rússia) e Andreea Ana (Romênia).

*A Coreia do Norte anunciou em abril a desistência dos Jogos Olímpicos de Tóquio. As vagas conquistadas no wrestling ainda não foram realocadas.

    - 57kg: Mundial -  Risako Kawai (Japão), Rong Ningning (China), Iryna Kurachkina (Belarus), Odunayo Adekuoroye (Nigéria), Jowita Wrzesień (Polônia) e Anastasia Nichita (Moldávia); América -  Alma Valencia (México) e Helen Maroulis (Estados Unidos); Europa - Evelina Nikolova (Bulgária) e Alina Hrushyna (Ucrânia); África - Siwar Bousetta (Tunísia) e Fatoumata Camara (Guiné); Ásia - Boldsaikhany Khongorzul (Mongólia) e Anshu Malik (Indonésia); Pré-Olímpico Mundial - Veronika Chumikova (Comitê Olímpico da Rússia) e Mathilde Rivière (França).

    - 62kg: Mundial -  Aisuluu Tynybekova (Quirguistão), Taybe Yusein (Bulgária), Henna Johansson (Suécia), Yukako Kawai (Japão), Marianna Sastin (Hungria) e Rim Jong-sim (Coreia do Norte)*; América - Laís Nunes (Brasil) e Kayla Miracle (Estados Unidos); Europa - Iryna Koliadenko (Ucrânia) e Anastasija Grigorjeva (Letônia); África - Marwa Amri (Tunísia) e Aminat Adeniyi (Nigéria); Ásia - Long Jia (China) e Sonam Malik (Índia); Pré-Olímpico Mundial - Lyubov Ovcharova (Comtiê Olímpico da Rússia) e Khürelkhüügiin Bolortuyaa (Mongólia).

*A Coreia do Norte anunciou em abril a desistência dos Jogos Olímpicos de Tóquio. As vagas conquistadas no wrestling ainda não foram realocadas.

    - 68kg: Mundial -  Tamyra Mensah (Estados Unidos), Soronzonboldyn Battsetseg (Mongólia), Alla Cherkasova (Ucrânia), Anna Schell (Alemanha), Sara Dosho (Japão) e Blessing Oborududu (Nigéria); América - Danielle Lappage (Canadá) e Yudaris Sánchez (Cuba); Europa - Koumba Larroque (França) e Khanum Velieva (Comitê Olímpico da Rússia); África - Blessing Oborududu (Nigéria) e Enas Mostafa (Egito); Ásia - Zhou Feng (China) e Meerim Zhumanazarova (Quirguistão); Pré-Olímpico Mundial - Mimi Hristova (Bulgária) e Elis Manolova (Azerbaijão).

    - 76kg: Mundial -  Adeline Gray (Estados Unidos), Hiroe Minagawa (Japão), Epp Mäe (Estônia), Aline Rotter-Focken (Alemanha), Zhou Qian (China) e Elmira Syzdykova (Cazaquistão); América - Erica Wiebe (Canadá) e Aline Silva (Brasil)Europa - Natalia Vorobieva (Comitê Olímpico da Rússia) e Vasilisa Marzaliuk (Belarus); África - Samar Amer (Egito) e Zaineb Sghaier (Tunísia); Ásia - Aiperi Medet Kyzy (Quirguistao) e Ochirbatyn Burmaa (Mongólia); Pré-Olímpico Mundial - Alla Belinska (Ucrânia) e Yasemin Adar (Turquia).

Nenhum comentário:

Postar um comentário