Chefe do Comitê Organizador diz que Olimpíadas não são possíveis nestas condições: "se a situação atual continuar, não poderíamos" - Surto Olimpico

Anúncio

Anúncio
Se inscreva em nosso canal!

Chefe do Comitê Organizador diz que Olimpíadas não são possíveis nestas condições: "se a situação atual continuar, não poderíamos"

Compartilhe
Chefe do Comitê Organizador Tóquio 2020 Yoshiro Mori

Em entrevista à emissora japonesa NHK, o presidente do Comitê Organizador Tóquio 2020 foi claro: "se a situação atual continuar, não poderíamos", disse Yoshiro Mori. A declaração feita nesta quarta-feira (22), entretanto, foi com ar de esperanças para que uma vacina permita a realização dos Jogos.

Inicialmente programada para abertura oficial no dia 24 de julho deste ano, os Jogos Olímpicos foram adiados para o ano que vem. Um pequena cerimônia está programada para esta quinta-feira (23), o que marcará um ano da nova data (23 de julho de 2021). 

"Se as Olimpíadas podem ser realizadas ou não, é sobre se a humanidade pode vencer o coronavírus", disse Mori. "Especificamente, desenvolver uma vacina ou medicamento é o primeiro ponto."

Surte +   Comissão de atletas do COI realiza pesquisa sobre protestos nas Olimpíadas

Questionado se as Olimpíadas seriam canceladas, Mori respondeu: "seria demais respondermos a cada uma dessas perguntas hipotéticas. Acho que essa situação não vai durar mais um ano".

O COI, no entanto, não sabe responder exatamente como os Jogos seriam realizados e quais protocolos de segurança viriam a ser adotados. A realidade é que eles dizem que até o outono (primavera no Hemisfério Sul), nenhuma nova atualização deverá ocorrer.

Os Jogos Olímpicos e Paralímpicos devem reunir mais de 15.000 atletas e paratletas em 42 locais de disputa.

Surte +   Comitê Organizador de Tóquio 2020 confirma todas as sedes para os Jogos Paralímpicos

Foto: Kyodo

Nenhum comentário:

Postar um comentário