Boxeadores da Irlanda recebem permissão para voltar a treinar - Surto Olimpico

Anúncio

Anúncio
Se inscreva em nosso canal!

Boxeadores da Irlanda recebem permissão para voltar a treinar

Compartilhe

A Associação Atlética de Boxe da Irlanda (IABA) divulgou na última sexta-feira (03) um documento detalhando seu protocolo de retorno aos treinamentos, com os clubes na Irlanda sendo autorizados a reabrir suas portas em 1º de agosto. 

Os atletas de elite da modalidade poderão voltar ao campus da Sport Ireland em Abbotstown, campo central do esporte no país, ainda mais cedo, a partir do dia 20 de julho. O executivo-chefe da Federação Olímpica da Irlanda, Peter Sherrard, já havia manifestado sua preocupação com o fato de os atletas irlandeses ficarem para trás nos preparativos para Tóquio 2020. Os boxeadores da Grã-Bretanha, por exemplo, têm treinado desde 1º de junho.

A decisão permitirá que os pugilistas do país sigam buscando a classificação aos Jogos Olímpicos de Tóquio. Brendan Irvine, da categoria até 63kg, é o único boxeador irlandês já garantido nas Olimpíadas, mas a equipe do país também conta com a ex-campeã mundial Kellie Harrington (até 60kg) e o campeão dos Jogos Europeus Kurt Walker (até 56kg). O Pré-Olímpico Europeu começou a ser disputado em março na Inglaterra, mas acabou interrompido antes do fim devido à pandemia de Covid-19 e deve ser retomado no início de 2021.

Em seu anúncio, a IABA ainda agradeceu ao fundo esportivo de emergência de 70 milhões de euros do governo irlandês e revelou que o processo de afiliação aos clubes de boxe seria adiado até novembro de 2020. A taxa de afiliação deve ficar abaixo da metade do valor do ano passado, permitindo que os clubes voltem ao treinamento e à competição com o menor peso financeiro possível.

O boxe é um dos esportes de maior sucesso da Irlanda, garantindo ao país duas medalhas de ouro, cinco de prata e nove de bronze na história olímpica. Os irlandeses, porém, não ganharam uma nenhuma medalha na modalidade na Rio 2016, com o melhor desempenho tendo sido obtido por Michael Conlan, que perdeu nas quartas-de-final da categoria até 56kg em uma decisão polêmica dos juízes em favor do russo Vladimir Nikitin.

Surte +: Boxeadora Beatriz Ferreira aparece em primeiro lugar no ranking mundial da AIBA

Foto: INPHO/Dan Sheridan

Nenhum comentário:

Postar um comentário