Benedikt Duda conquista Dusseldorf Masters VI e mantém invencibilidade de alemães - Surto Olimpico

Anúncio

Anúncio
Se inscreva em nosso canal!

Benedikt Duda conquista Dusseldorf Masters VI e mantém invencibilidade de alemães

Compartilhe

Mais um título para os alemães no Dusseldorf Masters, a competição de retomada do tênis de mesa pós-pandemia. Depois de Timo Boll, Dimitrij Ovtcharov e Bastian Steger, além de Han Ying, no feminino, foi a vez de Benedikt Duda sagrar-se campeão, na sexta edição (quinta masculina), e não deixar o torneio escapar das mãos dos donos casa. 

No último domingo, Duda, atual número 39 do ranking mundial, derrotou o egípcio Omar Assar (38º), na final. O alemão venceu por 4 a 3, de virada (8-11, 10-12, 9-11, 11-4, 11-7, 11-7, 11-2).  Antes, derrotou o sueco Anton Kallberg (57º) por 4 a 2 (11-5, 9-11, 11-6, 11-9, 5-11, 11-2) e o compatriota Tobias Hippler (133º) pelo mesmo placar (11-7, 13-15, 11-5, 11-1, 9-11, 12-10).

Como só haviam 14 participantes, Duda e Assar entraram já nas quartas de final por serem os dois mais bem ranqueados da competição. Nenhum dos campeões anteriores participou desta edição. Além da Alemanha, Egito e Suécia, também houve um representante da Eslováquia no campeonato.



Qiu Dang assumiu a liderança do Dusseldorf Masters, ultrapassando Dimitrij Ovtcharov, que venceu as segunda e terceira edições. O alemão, 57º do mundo, caiu na semifinal desta edição diante do vice-campeão, Omar Assar, e somou mais 20 pontos. Ele tem sido muito regular nas disputas e ficou entre os quatro primeiros em todas as cinco edições que participou, tendo sido vice-campeão em duas oportunidades.

Vale ressaltar que o torneio do Dusseldorf Masters é organizado pelo clube do Borussia Dusseldorf e pela Associação Alemã de Tênis de Mesa, com o objetivo de aliviar os impactos causados pela pandemia, mantendo os atletas ativos. Haverá disputas até agosto, quando está prevista uma competição final, que reunirá oito competidores: cinco primeiros do ranking geral e três convidados.

Com o título neste final de semana, Duda subiu seis posições e assumiu a terceira colocação, com 80 pontos, a mesma pontuação de Assar, que vem em quarto. O também alemão Steffen Mengel, vice-campeão na primeira edição, está no limite de classificação para a fase final. Timo Boll e Bastian Steger, que foram campeões, estão fora do G-5 porque só participaram de uma edição.

Classificação atualizada (10 primeiros) após o Dusseldorf Masters VI:
1 - Qiu Dang (GER) - 120 pontos
2 - Dimitrij Ovtcharov (GER) - 110 pontos
3 - Benedikt Duda (GER) - 80 pontos
4 - Omar Assar (EGY) - 80 pontos
5 - Steffen Mengel (GER) - 60 pontos
6 - Meng Fanbo (GER) - 55 pontos
7 - Timo Boll (GER) - 50 pontos
7 - Bastian Steger (GER) - 50 pontos
9 - Kanak Jha (USA) - 50 pontos
10 - Gerrit Engemann (GER) - 40 pontos

Surte +: Medalhista olímpica, Han Ying vence edição feminina do Dusseldorf Masters

Foto: MaJo-Foto

Nenhum comentário:

Postar um comentário