Bach confirma interesse em se manter na presidência do COI e deve ser reeleito no ano que vem - Surto Olimpico

Anúncio

Anúncio
Se inscreva em nosso canal!

Bach confirma interesse em se manter na presidência do COI e deve ser reeleito no ano que vem

Compartilhe

Atual presidente do Comitê Olímpico Internacional (COI), Thomas Bach manifestou seu desejo de se manter no cargo por mais quatro anos. Durante a 136ª Sessão da entidade, realizada de forma virtual nesta sexta-feira, o alemão confirmou que irá se candidatar à eleição do ano que vem. Sem opositores, ele deverá ser reeleito sem maiores problemas.

"Se você, os membros do COI querem, estou pronto para concorrer a um segundo mandato como presidente do COI e continuar a servir a você e a este Movimento Olímpico que todos nós amamos tanto", disse ele aos dirigentes olímpicos que estavam presentes no encontro, entre eles o presidente do IPC, o brasileiro Andrew Parsons.

Nono presidente do COI, Bach assumiu o posto em 2013, substituindo o belga Jacques Count Rogge.  Medalhista de ouro pela equipe de florete da Aleman Ocidental em Montreal 1976, tinha 37 anos de idade quando virou um membro do COI em 1991 e foi vice-presidente da entidade por um período de 11 anos. Ele foi eleito para um mandato de oito anos. Agora, com a reeleição, terá direito a mais quatro anos no poder.

Após seu anúncio nesta sexta-feira, ele recebeu muitos elogios dos integrantes da sessão ao longo de praticamente uma hora, em mais um indicativo de que não terá oposição e deverá ficar no cargo até pelo menos 2025. "Aceito o apoio de vocês como mais incentivo para o futuro trabalhar ainda mais", agradeceu o alemão.

Também no encontro, ficou decidido que o ano de 2021 trará duas sessões independentes. Uma no início do ano e outra às vésperas da Olimpíada de Tóquio. A primeira tem previsão para acontecer em Atenas, na Grécia, mas Bach não garantiu sua realização presencial e indicou que os membros do COI poderão se reunir remotamente mais uma vez, como ocorreu nesta sexta-feira.

Outras importantes nomeações políticas foram realizadas na sessão, como o australiano John Coates e o singapuriano Ser Miang Ng, que assumiram a vice-presidência do COI, substituindo Ugur Erdener e Juan Antonio Samaranch. Cabe lembrar que ambos já estiveram a frente do cargo no passado. Miang Ng ficou no período de 2009 a 2013, enquanto Coates foi de 2013 a 2017.


Foto: Greg Martin/COI

Nenhum comentário:

Postar um comentário