Apreensivo, Andy Murray afirma estar se preparando mentalmente para a disputa do US Open 2020 - Surto Olimpico

Anúncio

Anúncio
Se inscreva em nosso canal!

Apreensivo, Andy Murray afirma estar se preparando mentalmente para a disputa do US Open 2020

Compartilhe

O tenista bicampeão olímpico Andy Murray revelou na última segunda-feira (27), que apesar de estar apreensivo com a viagem para os Estados Unidos, ele já se prepara mentalmente para a disputa do US Open em Nova York, o primeiro Grand Slam após a paralisação do circuito por conta da pandemia de coronavírus. A afirmação ocorreu durante uma entrevista com jornais da Grã Bretanha. 

"Quatro ou cinco semanas atrás, éramos bastante céticos", declarou Andy. “Mas mentalmente, em algum momento, você precisa começar a se preparar e planejar isso".

“Se não estivesse acontecendo, minha agenda para praticar, minha reabilitação, seria tudo um pouco diferente. Mentalmente, estou planejando que o circuito vai em frente". 

Após sete meses parado tratando de uma lesão, Andy retornou às quadras no torneio beneficente Battle of the Brits, organizado por seu irmão Jamie. Atualmente o ex-número 1 de simples ocupa a 129ª posição do ranking mundial e deverá contar com desistências ou um convite especial para jogar no Major estadunidense. 

"A questão para nós é a viagem, então provavelmente estaremos um pouco apreensivos por chegar lá. Espero que o US Open possa ir em frente. Porém, se não ocorrer, também estarei bem com isso", disparou o bicampeão de Wimbledon em 2013 e 2016.

“Não é como se eu estivesse dizendo que deve seguir em frente. Desde que seja seguro para os jogadores, precisamos tentar voltar a competir", finalizou o escocês. 

O US Open está marcado para entre os dias 31 de agosto e 13 de setembro e mantem-se vivo no calendário de retomada do tênis mesmo após o cancelamento do ATP 500 de Washington

Vale lembrar que Andy Murray conquistou seu primeiro título de Grand Slam em Nova York, em uma grande batalha contra Novak Djokovic em 2012. Ele ainda jogou a final de 2008, perdendo para Roger Federer. 

Foto: Reprodução/Sky Sports

Nenhum comentário:

Postar um comentário