Naomi Osaka aproveita vida caseira e permanece focada nas Olimpíadas - Surto Olimpico

Anúncio

Anúncio
Se inscreva em nosso canal!

Naomi Osaka aproveita vida caseira e permanece focada nas Olimpíadas

Compartilhe

Tenista profissional desde 2013, Naomi Osaka nunca soube o significado de pausar a carreira. São longas viagens pelo mundo inteiro disputando um circuito muito equilibrado. Querendo ou não, a crise ocasionada pela pandemia de coronavírus forçou a atleta japonesa a parar pela primeira vez na vida e refletir sobre tudo que conquistou até agora, além de finalmente poder relaxar por um instante.

"Sei que as iniciativas de quarentena são tão importantes, por isso estou usando esse tipo de tempo para realmente ser uma pessoa caseira, algo que um tenista em turnê nunca pode ser", apontou Osaka, que nas últimas três temporadas teve grande ascensão em sua carreira.

"Eu jogo tênis quase todos os dias desde que me lembro, então foi uma oportunidade para fazer um balanço e redefinir. Tenho cozinhado muito, trabalhado para me manter em forma, lendo e mantendo contato com minha irmã e família", contou a tenista, que foi pioneira ao tornar-se a primeira japonesa campeã de Grand Slam em simples, ao derrotar Serena Williams na final do US Open de 2018. 

Em 2019, um início perfeito de temporada. Mais um título de Grand Slam, dessa vez no Australian Open, fazendo de Osaka a primeira tenista desde a americana Jennifer Capriati (2001) a ganhar os Majors americano e australiano de forma consecutiva. De quebra, alcançou o posto de melhor tenista do mundo no ranking da Associação de Tênis Feminino (WTA). 

Osaka ocupa atualmente a 10ª posição na tabela de classificação do tênis feminino. 

Foto: Arquivo/WTA
Filha de mãe japonesa e pai haitiano, Osaka foi a estrela do vídeo que lançou o lema oficial dos Jogos Olímpicos. A tenista afirmou permanecer focada no evento mesmo com seu adiamento por conta da pandemia. 

"Estou ansiosa para voltar a jogar e me preparar para disputar as Olimpíadas. É claro que assim como a maioria dos atletas que treinavam, fiquei decepcionada no começo. Mas quando você percebe que o adiamento é para o bem do mundo inteiro, você sabe que os Jogos podem esperar. Nos reuniremos em 2021 e estaremos prontos", declarou Osaka. 

E a tenista japonesa não acredita que deve mudar os planos de preparação para as Olimpíadas. "Tenho muita simpatia pelos atletas, como o pessoal do atletismo, que trabalham por quatro anos e planejam atingir o ápice exatamente naquele momento e agora o cronograma deles provavelmente foi muito afetado. No tênis é diferente, então não acredito que devo mudar algo na minha preparação", afirmou.

Osaka tem esperança de que as Olimpíadas sejam uma grande festa para o mundo todo se juntar após esse longo período de pandemia. 

Novas atividades

A jovem tenista também revelou ser uma grande fã de jogos eletrônicos, mas que isso não tira a vontade de buscar novas atividades e hobbies para fazer. "Eu e minha irmã jogávamos muito na adolescência e ate hoje jogo muito. Sou uma gamer", avaliou. 

"Na verdade, comecei a jogar muito menos nos últimos meses, quando estava entrando em novos hobbies, como moda, fotografia e passar mais tempo ao ar livre com os amigos. Mas desde que entramos em quarentena, voltei aos meus velhos hábitos", disse Osaka. 

Foto: Arquivo/Popsugar

Nenhum comentário:

Postar um comentário