COI aprova mudanças na corrida olímpica do skate para os Jogos de Tóquio - Surto Olimpico

Anúncio

Anúncio
Se inscreva em nosso canal!

COI aprova mudanças na corrida olímpica do skate para os Jogos de Tóquio

Compartilhe

O Comitê Olímpico Internacional (COI) aprovou as mudanças no sistema de qualificação olímpica do skate, promovidas pela World Skate há duas semanas, seguindo o adiamento dos Jogos de Tóquio para o próximo ano e as suspensões de eventos causados pela pandemia do coronavírus. O período de qualificação olímpica foi prorrogado até 29 de junho de 2021.

Foi decidido que os Mundiais de Skate e Park, que darão uma vaga para cada medalhista, acontecerá em 2021. Os critérios de distribuição de vagas permanecem inalterados em relação ao processo original. Além das três vagas via-Mundial, cada disciplina distribuirá 16 cotas por meio do ranking mundial e uma é  destinada ao Japão, país-sede, totalizando 20 atletas por prova. Oitenta atletas participarão da estreia do skate em Jogos Olímpicos.

Para a definição do ranking, o COI aceitou que a segunda janela da corrida olímpica seja estendida até 29 de junho de 2021. Os quatro melhores resultados dessa segunda parte serão acrescidos aos dois melhores desempenhos obtidos na primeira janela - esta encerrada em 30 de setembro de 2019 e que não foi afetada pela mudança no sistema.

As competições ainda não têm data certa para acontecerem. De acordo com as recomendações da World Skate, para que haja um evento, a pandemia deve estar controlada no país-sede, havendo um acesso democrático para todos os participantes (sem restrição de viagens) e com garantia de tempo hábil de treino aos atletas. O cronograma de um evento deverá ser publicado com, no mínimo, dois meses de antecedência a sua realização. Também deverá haver duas semanas de descanso entre dois eventos de uma mesma disciplina.

No momento, o Brasil possui a quantidade máxima de classificados para um único país, que é 12 (três por evento). No street feminino, Pamela Rosa, Rayssa Leal e Letícia Bufoni estariam classificadas; no street masculino, Kelvin Hoefler, Giovanni Vianna e Carlos Ribeiro; no park feminino, Dora Varella, Isadora Pacheco e Yndiara Asp; no park masculino, Luizinho, Pedro Barros e Pedro Quintas.

Foto: Pedro Ramos/Rede do Esporte

Nenhum comentário:

Postar um comentário