Leandrinho revela que ele e a esposa foram diagnosticados com o coronavírus em março - Surto Olimpico

Anúncio

Anúncio
Se inscreva em nosso canal!

Leandrinho revela que ele e a esposa foram diagnosticados com o coronavírus em março

Compartilhe


O jogador da seleção brasileira de basquete Leandrinho revelou em entrevista ao jornal 'The New York Times' que ele e sua esposa, Talita Rocca, contraíram o vírus da Covid-19 no mês de março. Para Talita, o risco foi ainda maior já que ela estava grávida de 9 meses e prestes a dar a luz. Isabela, bebê do casal, nasceu sem problemas no dia 22 de março.

Segundo a publicação, Leandrinho testou positivo para a Covid-19 no dia 21 de março, mas foi no dia 17 que ele afirmou sentir os sintomas.  "Aquela noite foi a pior para mim. Realmente, senti que ia morrer. Eu estava com uma febre louca. Minha cabeça estava extremamente ruim. Meu nariz parecia estar fechado, mas não estava. Senti muita dor nas costas - não consegui encontrar uma posição para me deitar para dormir. ” explicou

Leandrinho teve que ficar de quarentena e não pôde assistir ao nascimento da sua filha. E só pôde ver a filha e a esposa novamente após duas semanas. "Eu não sabia o que fazer. Tudo o que fiz foi falar ao telefone: 'Escute, você terá que fazer isso sozinha'. Eu disse à minha esposa: 'Pense no bebê, não em mim'". Talita teve que esperar 24 horas para poder pegar a filha nos braços pela primeira vez.

Leandrinho esteve em quadra no dia 14 de março pelo NBB, no jogo do Minas, seu clube, contra o Corinthians, com os portões fechados. Ele afirma que pressionou os dirigentes para suspenderem o campeonato, o que aconteceu, já que no dia 16, o jogo do Minas contra o Pinheiros foi adiado.

Leandrinho também afirma que a equipe médica do Minas se recusou a trata-lo em casa e que seu motorista o levou de carro de Belo Horizonte a São Paulo, ficando na casa do irmão, onde se recuperou.

Agora Leandrinho, defende que a temporada 2019/2020 da NBB seja cancelada. "Eu adoraria voltar. A razão é porque acho que temos potencial para vencer o campeonato. Mas eu peguei o vírus. Eu sei como é isso. É impossível que a liga continue. No momento, não é sobre o negócio. É sobre a nossa saúde." concluiu.

foto:FIBA

Nenhum comentário:

Postar um comentário