Importante grupo europeu pede que corrida olímpica do atletismo seja descongelada - Surto Olimpico

Anúncio

Anúncio
Se inscreva em nosso canal!

Importante grupo europeu pede que corrida olímpica do atletismo seja descongelada

Compartilhe

O grupo Euromeetings, que representa os organizadores dos tracionais meetings europeus de atletismo, solicitou à World Athletics (WA) a reversão da situação da corrida olímpica da modalidade. A janela de qualificação do atletismo aos Jogos Olímpicos de Tóquio está suspensa até 1º de dezembro, o que significa que nenhum resultado obtido até a data contará como índice olímpico.

Segundo o portal insidethegames, o grupo enviou uma carta ao presidente da WA, Sebastian Coe, manifestando seu desejo de mudança do cenário. O documento relata que vários membros da Euromeetings ainda querem organizar suas competições em 2020 e o fato de a corrida olímpica estar congelada diminui muito a atratividade para atletas e patrocinadores.

"Ao explicar aos nossos patrocinadores e apoiadores a necessidade de organizar meetings de atletismo em 2020, infelizmente perdemos um argumento importante: a possibilidade de qualificação olímpica", diz o grupo, na carta.

"Portanto, pedimos que você reconsidere a decisão de que o período para alcançar os padrões olímpicos será reaberto apenas após 1º de dezembro de 2020", solicita.

A ideia dos europeus é organizar a maior parte dos eventos no outono - entre setembro e dezembro, se a situação sanitária global permitir. Os organizadores garantiram que o controle antidoping seria fornecido em todas as competições.

Além de fazer parte do sistema de qualificação aos Jogos Olímpicos de Tóquio, os resultados nos meetings poderiam, também, ser elegíveis para o Campeonato Mundial Indoor de 2021, que acontecerá em março, em Nanjing, na China. Vale lembrar que o próximo Campeonato Mundial Outdoor de Atletismo foi adiado em um ano e será disputado em 2022.

A suspensão da janela olímpica do atletismo foi decretada em 7 de abril pela WA, após consulta com Conselho, Comissão dos Atletas e presidentes continentais, sob a justificativa de que a pandemia de coronavírus não permite uma preparação adequada e justa para todos os atletas. Os resultados das competições só serão válidos como índice olímpico no período entre 1º de dezembro de 2020 a 29 de junho de 2021- exceto para as maratonas e os 50km da marcha atlética, cuja data-limite é 31 de maio.

Uma pesquisa encomendada pela Associação do Atletismo, um órgão independente da WA, entrevistou 685 atletas profissionais de 82 países e verificou que 82% estão seguem treinando em meio à pandemia, 86% gostariam de competir no final da temporada, 60% querem que as possíveis competições sejam válidas para obtenção dos índices olímpicos.

Foto: Pawel Kopczynski/REUTERS

Nenhum comentário:

Postar um comentário