Ano de 2021 será a única oportunidade para Tóquio realizar a Olimpíada, diz membro mais antigo do COI - Surto Olimpico

Anúncio

Anúncio

Ano de 2021 será a única oportunidade para Tóquio realizar a Olimpíada, diz membro mais antigo do COI

Compartilhe

Dick Pound, o membro mais antigo do Comitê Olímpico Internacional (COI), voltou a falar sobre os Jogos Olímpicos de Tóquio nesta semana. Em entrevista a uma televisão canadense, ele afirmou que a única chance de Tóquio sediar a Olimpíada seria em 2021.

"Os japoneses disseram que podemos manter a bola no ar por um ano, mas não por mais de um ano", disse Pound à Canadian Broadcasting Corporation. "Nós realmente esperamos que haja tempo de fazer os eventos em 2021, completou.


Originalmente previstos para ocorrer este ano, os Jogos Olímpicos de Tóquio foram adiados para 23 de julho a 8 de agosto de 2021, por conta da pandemia do coronavírus. Mesmo com a mudança, após muita pressão de atletas e dirigentes, os problemas para o COI não cessaram

Nas últimas semanas, tem se dito que a pandemia poderia atingir o próximo ano e atrapalhar a organização dos Jogos. Até mesmo o executivo-chefe de Tóquio-2020, Toshiro Muto, reconheceu isto. Uma professora britânica advertiu que não seria possível realizar o megaevento sem ter uma vacina contra o vírus.

Mas Pound afirmou que um novo adiamento não seria possível além do próximo ano, uma vez que o Japão não teria condições de administrar os Jogos por mais tempo, confirmando a posição do COI, emitida em comunicado oficial na última terça.

"O Comitê Olímpico Japonês diz que é importante para eles e que podemos conseguir. Então vamos dar uma chance às crianças, vamos dar ao mundo a chance de enfrentar esta tempestade. Podemos emergir de uma ameaça existencial para a humanidade com este enorme encontro de jovens do mundo", declarou o canadense.

Vale lembrar que Pound foi o primeiro membro do COI a alertar sobre a possibilidade de o coronavírus modificar o cronograma dos Jogos de Tóquio, ainda no início da pandemia. Posteriormente, ele também antecedeu que a Olimpíada seria adiada.

Atualmente, COI e Comitê Organizador de Tóquio-2020 trabalham na reprogramação dos Jogos adiados. Em conjunto, as duas partes criaram um comitê para redefinir contratos com os locais esportivos e apurar os custos adicionais causados pela mudança das datas, algo que já foi motivo de muita confusão entre COI e Japão nesta semana. 

Foto: Kyodo

Nenhum comentário:

Postar um comentário